Saúde
  Dieta do pH
O equilíbrio entre alimentos ácidos e alcalinos é a base desta proposta, que garante um corpo mais saudável e com até 8 quilos a menos em 30 dias!

Françoise Gregório


Fotos: ShsHutteErstock

Foi-se o tempo em que valia tudo para emagrecer... Passar fome, comer as mesmas coisas o tempo todo ou ficar fazendo cálculos mirabolantes são questões do passado. Sim, continuamos firmes na batalha por um corpo sequinho, mas as armas estão mais sofisticadas. Depois de defenderem arduamente a reeducação alimentar, muitos especialistas passaram a apresentar formas de torná-la ainda mais eficiente. É o caso da dieta do pH, defendida pela nutricionista Patrícia Davidson, da Clínica Patrícia Davidson (RJ). “Ao longo dos anos, descobrimos porque alguns itens que consumimos agem de forma significativa na saúde, enquanto outros podem acelerar o processo de doença. Em busca do que nos faz bem é que se tem pesquisado o efeito dos alimentos sobre os níveis de pH do organismo”, diz Patrícia.

é ácido, é alcalino
Para compreender o que está por trás desta dieta – que promete um emagrecimento de até 2 quilos por semana –, o primeiro passo é entender o que é pH. O termo significa o potencial do hidrogênio e é usado para indicar a concentração dos íons desse elemento em um fluido, como o sangue, e classificá-lo como ácido ou alcalino.

Embora o nosso corpo deva estar levemente alcalino para funcionar bem (pH entre 7,3 e 7,4), todas as reações metabólicas geram ácidos. Portanto, o organismo deve dispor de mecanismos que neutralizem essa acidez naturalmente produzida. “Para a célula trabalhar perfeitamente bem ela necessita receber nutrientes e oxigênio da corrente sangüínea e ser capaz de liberar o resíduo celular. Essa troca só acontece quando o organismo está levemente alcalino”, responde a nutricionista. E se a célula não realiza essa tarefa, ela acumula toxinas – aí está a relação entre o pH e os quilinhos extras, pois uma das maiores causas do excesso de peso é justamente o acúmulo de toxinas. Isso pode interferir no metabolismo, desregular o apetite, estimular a produção de radicais livres, aumentar a resistência à perda de peso e à retenção de líquidos, favorecer o depósito de gordura, especialmente na região abdominal, e o aumento da pressão arterial, além de reduzir a ação de hormônios como a leptina (responsável pela saciedade). O segredo, então, é ingerir alimentos que mantenham esse equilíbrio perfeito.

Fotos: ShsHutteErstock

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | Próxima >>

Concurso Cultural :: ed 0
Concurso Cultural - Cuidando do Corpo
Conte Calorias :: ed 274 - 2011
Tentações do happy hour
Concurso Cultural :: ed 0
Concurso Cultural - Objeto de desejo J´adore Eau de Toilette

Edição 274 - 2011 | EXPEDIENTE
 
Promoções Culturais Corpo a Corpo
 
+ lidas do site
 
Make é Tudo :: ed 274 - 2011
Corrida contra o tempo
Fio Maravilha :: ed 274 - 2011
Xampu com sal? Sim, senhora!
Beleza :: ed 274 - 2011
Adiós pelos!
 
 

 
Blog da Redação
Orkut Corpo a Corpo
Facebook
Twitter
 
   
  Newsletter
  Nossas novidades sempre em primeira mão!
 
BUSCAR!
  favoritos    conheça Corpo a Corpo
 
 
 

Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS