Siga algumas dicas para fazer o esmalte durar mais tempo e livre-se do aspecto lascado e desgastado das unhas

Reportagem: Rita Albuquerque

esmaltes

Cuidados simples garantem mais cor e durabilidade aos esmaltes

Foto: SXC

Mais unhas da Corpo a Corpo

Fazer o esmalte durar mais tempo ajuda a economizar tempo e dinheiro. Não há nada mais frustrante que pintar as unhas e perceber que já lascaram, pouco tempo depois. Para evitar o problema, a gerente da Colorama, Renata Leite, afirma que o ritual para fazer o esmalte durar mais tempo pode começar com a retirada correta do produto, seguida pela aplicação de uma boa base que garanta um acabamento uniforme nas unhas. "Aplique um extrabrilho intensificador da cor após pintar, para prolongar o efeito de unha recém-feita. Aplicá-lo novamente depois de três ou quatro dias também renova o brilho da cor", orienta.

Se não existe fórmula mágica, alguns cuidados podem sim aumentar a d-u-r-a-b-i-l-i-d-a-d-e dos esmaltes nas unhas. Segundo a porta-voz da Risqué, Gabriela Garcia, algumas dicas são: limpar o excesso de esmalte, não colocar as unhas pintadas na boca, e usar luvinhas de silicone para lavar a louça e mexer com produtos de limpeza.

Confira outras estratégias caseiras:

1ª Dica: Prepare-se. Antes de pintar, retire os resíduos das unhas e seque-as. Restos de esmalte e até mesmo o creme hidratante prejudicam a aderência do produto na superfície das unhas.

2ª Dica: Já dizia a fama: unhas mal lixadas, esmalte lascado. Aquela pontinha descamada da unha pode acelerar o desbotamento do esmalte. Lixar bem e manter a região áspera ajuda na aderência do produto. Dica: evite lixar as unhas já esmaltadas. 

3ª Dica: Base, base, base. Não esqueça de usá-la em hipótese alguma. Além de evitar que as unhas fiquem danificadas, ela também facilita a fixação do esmalte.

4ª Dica: A escolha do esmalte também conta: fuja dos velhos e esteja sempre atenta à textura muito grossa do produto. “A recomendação é nunca adicionar solventes ou diluentes. Caso o esmalte endureça e perca sua cremosidade, a sugestão é acrescentar ultrabrilho”, indica Gabriela, da Risqué.

5ª Dica: Paciência. Espere até que a base seque completamente. A regrinha vale também para hora de esmaltar: prefira sempre camadas mais finas de esmalte e, claro, espere cada uma delas secar, secar e secar.

6ª Dica: A dica preferida das especialistas é o uso imediato de extrabrilho, seguido de retoques no decorrer da semana. “Passar ultrabrilho após a esmaltação garante uma durabilidade maior”, explica Gabriela. Nesse caso, há também os top coats, extrabrilhos que carregam em sua fórmula componentes que aceleram a secagem, evitam o aparecimento das indesejadas bolinhas e, de quebra, protegem o brilho natural da cor. Demais, né?