Força nas unhas! Veja 7 dicas para fortalecer as unhas e finalmente deixá-las compridas

Reportagem: Caroline Sarmento

unhas-compridas

O segredo das unhas compridas está na base
e na frequência com que a unha é feita
Foto: Fabio Mangabeira / Danilo Tanaka

Fortalecer as unhas e deixá-las compridas não é uma batalha fácil, mas, sim, é possível conseguir ficar com as garras longaslivre do hábito de roê-las. Confira as dicas da manicure Ivanilda Maria de Souza Alves, da Maison Payot (SP) para fortalecer e deixar as unhas compridas

Comece pela base

Uma dica de ouro é apostar nas bases fortificadoras para as unhas. Segundo a manicure, já existem no mercado esmaltes que contêm vitaminas E e B5, componentes importantes para o crescimento das unhas. “Para fortalecer as unhas, não tem outra saída: aplique uma boa base – antes do esmalte e renove as cores das unhas toda semana”, recomenda.

Atenção na alimentação

As unhas necessitam de vitaminas e proteínas para ficarem fortes. Quando o corpo sente falta de nutrientes, os primeiros a sofrer com a mudança são os cabelos e unhas. “É bom lembrar que os regimes de emagrecimento severos contribuem para enfraquecer as unhas. Por isso alimentação adequada é fundamental para manter a saúde das unhas”, afirma Ivanilda.

Cuidado com os esmaltes

Usar os esmaltes por muito tempo nas unhas (mais de uma semana) prejudica no crescimento das garras. As unhas acabam ficando fracas e quebradiças. “Uma boa dica é retirar o esmalte, pelo menos, um dia antes de fazer as unhas. Desta forma, a unha vai respirar antes de ser esmaltada novamente”, indica Ivanilda.

Pare de roer, menina!

O hábito de roer as unhas está associado à ansiedade, ou, por costume criado desde a infância. Todo mundo sabe que é uma tarefa difícil, nas não é impossível deixar de roer as unhas. “A saliva é prejudicial para as unhas. Como é ácida, também provoca o enfraquecimento das mesmas”, explica a expert. Para ficar livre desse hábito, invista nas unhas postiças, ou então, pinte-as com esmaltes intensos, desenhos, adesivos, etc. “Faça as unhas uma vez por semana e sempre passe um esmalte. A unha esmaltada evita que a pessoa roa”, recomenda a manicure.

Não tire a cutícula profundamente

“Outra dica muita importante é não retirar muito as cutículas,  e sim, apenas o excedente, para evitar a entrada de fungos e bactérias”, recomenda a manicure. 

Na hora da limpeza, lembre-se das luvas

Os componentes químicos dos produtos de limpezas também enfraquecem as unhas. Por isso, jamais se esqueça de usar boas luvas de borrachas, mesmo que sela para lavar a louça.

Prefira os removedores

As acetonas – ainda se utilizadas em excessos – deixam as unhas fracas e ressecadas. Prefira retirar os esmaltes com removedores que não fazem tão mal às unhas, os mais indicados são os produtos que contenham óleos hidratantes ou glicerina.