Preparar a pele antes de fazer o make é uma etapa importante para fixar melhor a maquiagem no rosto. Confira as dicas dos maquiadores para arrasar no pré-make

Reportagem: Carla Festucci

dicas para preparar a pele antes do make

Preparar a pele antes do make é uma das etapas mais

importantes da maquiagem

Foto: Danilo Borges

O pré-make é uma das etapas mais importantes da maquiagem. Preparar a pele antes de fazer o make ajuda a fixar melhor os produtos e faz com que a maquiagem dure mais tempo no rosto.

Antes de tudo, a primeira etapa é lavar, tonificar e hidratar a cútis. Isso ajuda a remover as impurezas da pele, controlar a oleosidade e equilibrar o pH. "Para receber a maquiagem, você deve lavar o rosto com um sabonete indicado para o seu tipo de pele, pois com a tez limpa o make durará mais. Depois disso, tonifique, hidrate e não se esqueça do protetor solar!", indica Marcos Costa, maquiador da Natura.

Com a pele limpa, tonificada e hidratada, é hora de usar o primer, que sela os poros, ajuda a uniformizar a cor da pele e prolonga a duração da maquiagem. "O ideal é aplicá-lo alguns minutos após passar o protetor solar, garantindo a boa absorção dos dois produtos", ensina Fernando Torquatto, consultor estratégico de O Boticário para a linha de maquiagem Make B.

Como aplicar a base

Depois do primer, é hora de usar a base, que serve para uniformizar a pele e deixá-la com um aspecto saudável e homogêneo.

Para não errar na escolha da cor, teste a base na parte mais bronzeada do seu corpo e veja se está igual. "O melhor modo de ver se aquela cor é a ideal para você é comparando a pele da face com a do colo, porque a cútis do rosto costuma ser naturalmente mais clara do que o restante do corpo. Por conta disso, é comum escolhermos tons mais claros do que deveríamos e assim ficar com um make pálido", alerta Marcos Costa.

Com a base escolhida em mãos, a dica de Torquatto é iniciar a aplicação na testa e espalhar em movimentos ascendentes. Na sequência, aplique um pouco do produto sobre o queixo, laterais do rosto, nariz e maçãs, sempre fazendo movimentos de baixo para cima, até cobrir toda a região.

Corretivo: antes ou depois?

O corretivo é usado para amenizar e até esconder olheiras, manchas e vasinhos. Segundo Fernando Torquatto, o ideal é sempre utilizá-lo depois da aplicação da base, pois assim evita-se o excesso de produto. "Como a base já uniformiza a pele, o corretivo deve ser usado apenas para reforçar o efeito em situações pontuais, como espinhas ou manchas mais fortes", explica o consultor de O Boticário.

Para aplicá-lo, basta colocar o produto na pele e dar leves batidinhas com as pontas dos dedos, até que fique imperceptível.

De acordo com Marcos Costa, os corretivos líquidos são ideais para peles muito secas, enquanto em bastão ou creme são ótimos para as peles jovens e com olheiras intensas. "Você deve ainda preferir sempre os corretivos vegetalizados, pois a textura é melhor e o resultado mais natural", aposta o maquiador.

Pó para finalizar

Para finalizar a preparação da pele, Torquatto sugere a aplicação do , que pode ser compacto ou solto. "Além de uniformizar a pele, o produto também ajuda a prolongar a duração da maquiagem, diminuir o brilho gerado pelos outros produtos, como base e blush, e controlar a oleosidade ao longo do dia", afirma.

Segundo Marcos Costa, quem tem pele oleosa deve aplicar o produto no rosto todo, enquanto quem possui a pele mista deve utilizá-lo apenas na testa, no queixo e no nariz. As que possuem pele seca podem parar na base. "Hoje existem produtos 2 em 1 ou 3 em 1, sendo que muitos têm acabamento aveludado e são perfeitos para as peles secas", explica.

O também deve acompanhar a cor da base. Para aquelas que querem um aspecto mais bronzeado, a dica é dar esse efeito com o , que é mais fácil de aplicar. "Neste caso, deve-se usar o pó um tom acima da cor original da pele", finaliza o maquiador da Natura.