Se você acha que correr a meia maratona é um sonho distante e não sabe por onde começar, estamos aqui para ajudá-la! Siga estes passos e arrase na prova

Texto Helô Oliveira | Adaptação Ana Araujo

Como correr uma meia maratona

Preparação é fundamental para correr uma meia maratona

Foto: Shutterstock

Conquistar a meia maratona não é tarefa fácil. “Além de exigir muita resistência e fortalecimento dos músculos, é essencial que você já corra há mais de um ano e tenha participado de, pelo menos, quatro provas de 10K”, afirma Paulo Santos, diretor geral da Run&Fun (MG). Portanto, não parta para o desafio caso não tenha o preparo necessário, ok?

Tenha em mente que aumentar a distância leva tempo e não deixe a ansiedade dominá-la. Para fortalecer o CORE e as pernas, sempre intercale o treinamento de corrida (indoor ou outdoor) com uma hora e meia de treinos de força, como musculação, funcional e pilates. “Exercite-se de quatro a cinco vezes por semana. É interessante colocar um dia de descanso após dois de esforço para permitir que o organismo se recomponha adequadamente”, aconselha Ronaldo Martinelli, coordenador do programa Bio Running da academia Bio Ritmo (SP). Vá somando alguns minutos no tempo da corrida gradualmente, assim seu corpo começa a se habituar à mudança – você chegará aos 21 km no quinto ou sexto mês! “O ideal é adicionar 5% do total que você corre sempre no último dia de corrida da semana. Por exemplo, se você faz três percursos de 10K por semana, acrescente 500 metros no último”, ensina Paulo Santos.

Nos dias que antecedem a meia maratona, desacelere. “Para poupar energia, diminua a carga uma semana antes, fazendo apenas dois treinos com corridas leves”, indica Emerson Bisan, diretor da Nova Equipe Assessoria Esportiva (SP).

Revista Corpo a Corpo | Ed. 321