Algumas medidas podem ajudar a manter a tireoide em forma. Confira quais são elas!

Texto Vand Vieira | Adaptação Ana Paula Ferreira

Saiba como prevenir problemas na tireoide. 

Foto Shutterstock

Confira quais medidas podem ajudar a manter a tireoide em forma e evitar as disfunções da glândula.

Invista nos nutrientes certos

Iodo (em peixes, algas marinhas, leite e camarão), zinco (presente em ostras, carnes, sementes de abóbora, feijão e amendoim), selênio (castanha-do-pará, laranja e ovo) e vitamina A (fígado, cenoura, manga e espinafre) são bons aliados. “O zinco atua na síntese e na secreção dos hormônios tireoidianos, o selênio participa de mecanismos antioxidantes e fortalece o sistema imune, e a deficiência de vitamina A pode causar hipertrofia tireoidiana, que altera seu funcionamento”, esclarece Marisa Coutinho, nutricionista da Rede de Hospitais São Camilo, de São Paulo. Atenção: uma dieta adequada deve oferecer cerca de 150 mg de iodo por dia, pois o excesso pode atrapalhar a linha de montagem dos hormônios tireoidianos. 

Diga não ao sedentarismo 

O sobrepeso exige uma quantidade maior de hormônios circulantes, sobrecarregando a tireoide. Além disso, como essa glândula gerencia o gasto de energia, colocar o corpo em movimento é um ótimo estimulante. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o mínimo de 150 minutos de exercícios moderados por semana.

Invista em cuidados com a saúde 

Fazer exames regulares ou assim que notar alguns dos sintomas mencionados é fundamental para todo mundo, mas há grupos de maior risco: mulheres com mais de 45 ou gestantes, idosos e pessoas que passaram por cirurgia na tireoide, fazem radioterapia ou utilizam medicamentos que podem interferir na produção de hormônios e portadoras de doenças autoimunes ou com histórico familiar delas.

Quer saber dicas sobre saúde? Então corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!