Oftalmologista revela os erros mais comuns de quem usa lentes de contato. Saiba como evitá-los

Redação Corpo a Corpo | Adaptação: Nathália Henrique

6 erros de quem usa lentes de contato

Foto: Shutterstock

Dormir com lentes de contato ou colocá-las na água estão entre os erros mais comuns. Mauro Campos, oftalmologista do Hospital dos Olhos (SP), explica porque não cometê-los e o que pode acontecer de pior. Fique de olho!

Guardá-las na água

Nem pense em fazer isso. Ela altera o estado de hidratação das lentes e a quantidade de sal, além de conter protozoários, como a ameba.

Ficar por muito tempo com elas

Os olhos desenvolvem uma intolerância se utilizadas por um longo período, e começam a surgir vermelhidão, sensibilidade à luz e secreções. “O ideal é tirar após 12 horas”, alerta Mauro Campos.

Dormir com elas

Durante o sono, a respiração ocular é interrompida e toda sujeira fica armazenada, aumentando o risco de infecções. Por isso, nada de levá-las para a cama com você, ok?

Umedecer com saliva

Nunca as leve à boca. O seu pH é diferente, além de acumular micro-organismos e bactérias que podem causar inflamações.

Limpar com soro fisiológico

Ele é adequado apenas parao enxágue, já que não possui substâncias desinfetantes. Mesmo assim, o produto ainda deve estar recém-aberto para não causar irritações devido ao alto nível de contaminação. O indicado é usar soluções multiuso.

Usar colírio inadequado

Alguns possuem substâncias químicas que ficam impregnadas nas lentes, causando irritação. O recomendado é usar lubrificante, que faz as vezes de lágrima artificial e evita o ressecamento. Mas até mesmo esses produtos não devem ser aplicados a todo o momento. Restrinja a cinco vezes ao dia.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 309