Entenda como um estudo feito nos Estados Unidos descobriu que a ansiedade influencia o envelhecimento

Por Marcia Di Domenico e Victoria Bassi | Adaptação Ana Paula Ferreira

Evite a ansiedade para preservar sua juventude

Foto Shutterstock

Um estudo da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, relacionou a ocorrência de distúrbios de ansiedade ao encurtamento dos telômeros – as extremidades do cromossomo, que servem como uma espécie de medida da idade biológica do organismo e vão encolhendo a medida que a idade avança. 

A pesquisa revelou que pessoas ansiosas têm telômeros mais curtos do que as não ansiosas, ou seja, é como se fossem mais velhas. Quer preservar a juventude? Então pare de sofrer e se preocupar por antecipação – é isso que define o mal do século! – e encaixe mais atividades relaxantes e prazerosas no dia a dia.

Quer saber mais sobre saúde e bem-estar? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!