Passar por ataques de raiva repetitivos e desproporcionais aos motivos que serviram de provocação pode indicar sinais do Transtorno Explosivo Intermitente (TEI), um tipo de Transtorno de Controle de Impulsos. Saiba mais sobre o problema!

Por Caroline Randmer | Foto Getty Images | Adaptação web Ana Paula Ferreira

Perder a cabeça de vez em quando é normal, afinal, ninguém é de ferro. Mas o descontrole constante é motivo de alerta. “Ataques de raiva repetitivos e desproporcionais aos motivos que serviram de provocação podem ser sinais do Transtorno Explosivo Intermitente (TEI), um tipo de Transtorno de Controle de Impulsos. Os episódios são precedidos de um fator estressante e seguidos de profundo arrependimento”, explica Fernanda Queiroz, psicóloga e cofundadora da Estar Saúde Mental, de São Paulo (SP).

O mais provável é que a causa do pavio curto seja uma combinação de fatores biológicos e emocionais -  pessoas com histórico familiar de dependência química ou de desordens do humor, por exemplo, têm maior predisposição para desenvolver esse transtorno. “Outras teorias apontam para alterações em neurotransmissores como a serotonina, hormônio ligado à sensação de prazer”, comenta a psicóloga. Se você suspeita que está sofrendo do mal, tome as rédeas da situação e inicie uma psicoterapia. Um psiquiatra também pode ajudar no problema.

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua aqui!