Se você treina outdoor e vive fugindo dos mosquitos, confira como se proteger e manter a saúde segura

Por Marcia Di Domenico e Victoria Bassi | Adaptação Ana Paula Ferreira

O repelente deve ser aplicado por último, depois do

filtro solar e maquiagem / Foto Shutterstock

O calor traz de volta o risco de ser picada pelo Aedes aegypti, mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya. Quem pratica treino outdoor fica mais exposto e, portanto, precisa ficar de olho em como se proteger. Confira estas dicas de segurança:

- Use boné ou viseira para evitar que o repelente aplicado na testa escorra com a transpiração e entre nos olhos. É importante evitar o contato do produto com mucosas como olhos, nariz e boca.

- Saiba que o mosquito tem hábitos diurnos. Portanto, capriche na aplicação do repelente se for correr de manhã ou à tarde.

- O repelente deve ser o último produto a ser aplicado na pele, por cima de filtro solar e maquiagem, quando for o caso. Escolha uma composição à base de icaridina, DEET ou IR3535, que têm efeito comprovado contra o Aedes aegypti, são liberados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária e seguros, inclusive, para grávidas (desde que com liberação médica).

- Deixe para passar o repelente o mais perto possível do horário de sair de casa ou, no caso de uma prova de corrida, por exemplo, próximo da largada. Assim, você aproveita ao máximo o tempo de ação do produto, já que não vai reaplicá-lo durante o percurso.

- Dispense receitas caseiras contra o mosquito, pois evaporam rápido e costumam ter tempo de ação reduzido (menos de meia hora, geralmente).

Quer saber mais sobre saúde e bem-estar? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!