Lembre-se: corpo são, mente sã. Para atingir a segunda parte da frase, ajuda especializada pode ser necessária. Conheça os tipos de terapias e escolha a melhor para você

Texto: Cáren Nakashima | Adaptação: Nathália Henrique

Conheça os tipos de terapias

Foto: Felipe Lessa

Psicanálise

Estuda como o inconsciente afeta a sua vida. Você fala oque vier à mente e o analista a interrompe para refletir sobre os significados ocultos. “Se você procura saber sobre o funcionamento das coisas, essa terapia é ideal”, explica TiagoLupoli, psicanalista (SP).

Psicodrama

Esta terapia utiliza o seu corpo como forma de expressão, ou seja, você encena as situações, por isso é ideal para tratar das relações interpessoais: do seu namorado ao seu chefe. “É indicada para quem quer conhecer melhor os outros, se colocando no lugar deles”, revela Marina Vasconcellos, psicodramista (SP).

Terapia breve

Rápida, dura até 12 sessões para trabalhar uma situação, como uma demissão ou término de relacionamento, por exemplo. O terapeuta é objetivo, evitando associações prolongadas.

Terapia cognitivo comportamental

Auxilia na resolução de suas próprias questões e a faz refletir. “O que a diferencia das outras é que a paciente precisa cumprir metas e objetivos traçados pelo especialista”, diz Marco Aurélio Mendes, psicólogo (RJ).

Revista Corpo a Corpo | Ed. 313