Você sabia que as emoções influenciam diretamente seu corpo? Saiba como o estresse e a infelicidade podem favorecer o acúmulo de gordura na barriga e como é possível fugir deste problema!

Por Carol Salles | Foto Shutterstock | Adaptação web Ana Paula Ferreira

A sensação de contentamento e bem-estar libera no cérebro endorfina e dopamina, dois neurotransmissores capazes de inibir o apetite e diminuir a compulsão por doces, álcool e outros alimentos de alto teor calórico, como pizzas e lanches rápidos. “Já o contrário, ou seja, o estresse, a infelicidade, aumenta os níveis de cortisol, um hormônio que favorece o acúmulo de gordura na região abdominal”, explica Tassiane Alvarenga, endocrinologista e metabologista, de Passos (MG).

Por isso, ter uma vida equilibrada e satisfatória é essencial para o controle do peso. Segundo a médica, existem quatro pilares principais para se alcançar a plenitude. “Fazer atividades físicas de três a cinco vezes por semana, alimentar-se de maneira saudável, diminuindo a ingestão de ingredientes que causam ansiedade, como açúcar refinado e cafeína, controlar o estresse de maneira consciente, com técnicas como a meditação, e ter boas noites de sono”, enumera a médica.

Quer conferir mais sobre saúde e bem-estar? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!