Entenda como funciona o intestino e evite a prisão de ventre

Por Nathália Henrique

Saiba mais sobre a prisão de ventre

Foto: Fábio Mangabeira

Pesquisas indicam que em cada 5 mulheres 3 têm a chamada prisão de ventre. O intestino não é responsável apenas por essa íntima e cotidiana questão, além do desconforto pela diminuição das idas ao banheiro, a constipação pode provocar inchaço, dor abdominal e distensão.

Uma dieta de sucesso depende muito da saúde do intestino. Sabe-se, no entanto que ele é responsável pela absorção dos nutrientes que você consome. “Se ele está bem, as células ficam nutridas e tudo funciona bem melhor, inclusive o metabolismo facilitando a queima de gordurinhas. Porém em desequilíbrio, acumula toxina e absorve menos nutrientes. Ou seja, você come mas não se alimenta e ainda engorda”, explica a nutricionista da rede de produtos naturais Nação Verde, Paula Castilho.

O intestino é composto por milhares de microorganismos, a flora intestinal abriga bactérias, que precisam ser em sua maioria bactérias do bem e não patogênicas, bactérias do mal. Nessa situação ideal, as paredes desse órgão funcionam como um filtro precioso, separando os nutrientes que entram em nosso organismo e o que deve ser eliminado, como restos de alimentos e toxinas.

Responsável pela absorção total de água e nutrientes dos alimentos, o intestino é indispensável para o bom funcionamento do nosso organismo. “Quando intoxicado, provocam fissuras na parede do estomago e intestino, fazendo com que os nutrientes não sejam absorvidos corretamente, pois dão preferência para alimentos gordurosos e carregados de carboidrato, o que os deixa sujo e cheios de toxina. Logo, quando intoxicado, provoca funcionamento irregular ou insatisfatório, o que reflete em alteração de humor, inchaço, aumento de peso, indisposição, e até mesmo vulnerável a doenças sérias como o câncer”, aponta Paula.