A pesquisa feita na Noruega apontou que quem sofre de hipocondria está mais sujeito a desenvolver problemas cardíacos. Confira!

Por Vand Vieira | Adaptação Ana Paula Ferreira

Se você se identifica com a situação, não hesite em procurar

orientação psicológica para conseguir relaxar

Foto Shutterstock

Pesquisadores noruegueses concluíram, após analisar 7 mil pessoas, que se preocupar demais com doença é prejudicial à saúde. Segundo o estudo conduzido por eles, quem sofre de hipocondria está mais sujeito a desenvolver problemas cardíacos – a ansiedade e o estresse típicos de quem é muito encanado com hábitos saudáveis aumentam a produção de hormônios e outras substâncias que aceleram os batimentos do coração e elevam a pressão arterial –, sem falar na perda de qualidade de vida de modo geral. 

Fique esperta: se qualquer sintoma diferente no corpo já deixa você em estado de alerta, procure entender a raiz da preocupação e não hesite em procurar orientação psicológica para conseguir relaxar.

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!