Cadastre seu e-mail e receba todas as novidades da Corpo a Corpo



*Por Patricia Davidson Haiat

Como posso controlar o colesterol?

É preciso reduzir o consumo de alimentos processados ricos em carboidratos simples e gorduras ruins — embutidos, frituras, doces, pães e massas — e aumentar a ingestão de alimentos ricos em fibras — legumes, verduras e frutas — e gorduras boas — coco, abacate, azeite e oleaginosas. Ah, e claro, praticar atividade física também ajuda.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat

Qual é a diferença entre prebióticos e probióticos?

Os prebióticos são fibras que promovem o desenvolvimento e crescimento de bactérias benéficas, as chamadas probióticas. As principais fibras prebióticas são a inulina — encontrada na cebola, no alho e na chicória — e os frutooligossacarídeos — encontrados na banana, na farinha, na biomassa de banana verde, no centeio e no tomate. 

Já os probióticos são as bactérias benéficas presentes no nosso intestino. Elas ajudam a regular a função intestinal, favorecendo a imunidade, a absorção de nutrientes e a melhora dos sintomas associados a constipação, diarreia e gases.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

Quem começa a se exercitar pode ganhar peso?

Com certeza. Quando começamos a contrair os músculos nos exercícios, eles passam a ganhar volume, retendo mais líquidos dentro deles.  Isso, consequentemente, pode elevar o peso. Além disso, a pessoa aumenta a massa muscular – músculos são mais densos do que o tecido gorduroso –, o que contribui para que os ponteiros da balança subam em médio e longo prazo.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



É verdade que omeprazol faz muito mal à saúde?

Sim, bastante. Ele pode ser útil para algumas situações de doença, como úlceras pépticas e síndrome do intestino curto, mas é sempre muito ofensivo à nossa saúde, pois vai de encontro à fisiologia do sistema digestório. 

Explico: para que nossa digestão ocorra de forma eficiente, com absorção de nutrientes e adequada eliminação de dejetos, é preciso haver um pH estomacal baixo, em torno de 2. Quando tomamos um inibidor de bomba (desses “prazóis”), o pH pode chegar a 7, havendo uma “paralização” do trato digestivo como um todo.  O alimento não é quebrado como deveria no estômago, demora a passar para o intestino, aumentando a fermentação e a tendência a refluir. A bile que não é devidamente liberada pode precipitar-se na vesícula, levando à formação de cálculos. O alimento mal digerido que chega ao intestino favorece o surgimento de disbiose, um distúrbio por trás de inúmeros problemas de saúde, como infecção urinária, candidíase, gastrite, rinite, depressão, insônia, doenças autoimunes, acúmulo de gordura etc. É preciso agir na origem do problema (geralmente estresse e maus hábitos de vida) em vez de querer apenas silenciar os sintomas.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna.

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

Dá para prevenir ou reduzir a celulite com alimentação?

Sem dúvida alguma. As principais causas para o surgimento dos indesejados furinhos são estresse, distúrbios hormonais e o que consumimos. Uma alimentação adequada pode não resolver 100% do problema, caso os demais fatores estejam fortemente presentes, mas ajudará sobremaneira a diminuir a retenção e suavizar o aspecto da pele. 

Os piores alimentos são os açúcares e o sal refinados, os farináceos e café em excesso. Pouca ingestão de água agrava o quadro. Os aliados são os alimentos ricos em colágeno, como frutas vermelhas e cítricas, aveia, oleaginosas, ovo caipira, além de cacau orgânico, sementes de chia e linhaça, chás como o chá-verde, espinheira-santa, cavalinha e carqueja e, claro, bastante água.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer saber mais sobre saúde e alimentação? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat

Chá detox realmente auxilia no emagrecimento?

Ele recebe esse nome por seu poder de eliminar toxinas indesejáveis e estimular o bom funcionamento do organismo. Normalmente, esses chás possuem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, antibacterianas e antifúngicas, que ajudam o corpo a funcionar de uma maneira mais eficiente, auxiliando, também, no controle de peso. Mas vale lembrar que, para que ocorra o emagrecimento, é necessário, além do consumo dos chás, um planejamento alimentar complementar feito por um profissional capacitado para isso.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado



Dá para tonificar pernas e glúteos pulando corda?

O exercício com esse tipo de acessório não exerce um trabalho tão significativo nas pernas e nos glúteos. Ele é mais eficaz para as panturrilhas. Entretanto, sempre há a possibilidade de mesclar os pulos na corda com agachamento, afundo, avanço e até caminhar agachada, como gosto de propor em meus treinamentos. O importante é adequar a malhação às suas necessidades.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

Antibióticos perdem o efeito se os horários não forem seguidos à risca?

Pode acontecer. É importante tomá-los conforme a prescrição médica, pois alguns antibióticos podem ter sua absorção prejudicada se ingerido junto às refeições. Outros devem ser consumidos justamente depois de comer, para não agredirem a mucosa gástrica.

Existem ainda os que têm uma meia-vida curta e que devem ser tomados algumas vezes ao dia para gerar uma resposta eficiente em vez de acabar “fortalecendo” as bactérias do organismo.

Toda vez que um antibiótico é mal administrado, seja por falta de necessidade (automedicação, por exemplo) ou posologia errada, pode ocorrer resistência bacteriana, uma situação extremamente perigosa para a saúde.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat



Posso cortar o glúten da dieta mesmo que eu não seja intolerante a ele?

Ele nada mais é que uma proteína presente em cereais, como o trigo, o centeio e a cevada, e dá para cortá-lo do cardápio, sim, afinal o glúten desencadeia uma reação do sistema imunológico que aciona células de defesa para atacar diversos pontos do nosso organismo, comprometendo uma série de processos e regiões, como a digestão, o funcionamento intestinal , o metabolismo, a tireoide, as articulações e a saúde da pele.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



Quais alimentos devem ser evitados por quem tem acne?

Ela é uma doença multifatorial. Pode ter relação com metais tóxicos, distúrbios hormonais, deficiência de algumas vitaminas e minerais, como o zinco, o cromo, as vitaminas A, E, B3 e o ácido fólico, mas sua base está em um distúrbio inflamatório. 

Os alimentos que mais causam inflamações são: leite e derivados, glúten, soja, os ricos em gorduras trans (bolachas, biscoitos, sorvetes, margarina, óleo de canola etc.), açúcar e sal refinados, embutidos e os ricos em ômega-6 (peito de peru, frango de granja, fast-food e peixes de cativeiro, como tilápia e salmão).

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre beleza e saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



É possível baixar a pressão arterial de maneira natural?

Sem dúvida alguma, sendo até mais importante que o uso de medicamentos. Dá para controlar a pressão adotando melhores hábitos de vida, que incluem exercícios físicos adequados, alimentação saudável (sem alimentos inflamatórios, como os mencionados na resposta à pergunta 3), manutenção do peso, além da correção de deficiências nutricionais que causam o aumento da pressão. 

O ideal é que esse processo seja determinado com orientação médica. Tanto a vitamina D como o magnésio têm um efeito importante na regulação da pressão e devem ser devidamente suplementados. 

Um estudo mostrou que tomar um copo e meio de suco de romã ao dia ajuda a baixar a pressão sistólica em torno de 5%. Alimentos como alho, espinafre, pepino, chuchu, chá-verde, óleo de coco, geleia real e suco de beterraba (500 ml de suco ao dia) também ajudam bastante. E, claro, aprender a administrar melhor o estresse e as emoções negativas, como a raiva, por exemplo.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

 Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

Malhar no frio queima mais calorias?

Não. O nosso corpo perde a capacidade de gastar a mesma quantidade de calorias com o decorrer do tempo de treino. Sendo assim, logo que o nosso corpo regula a temperatura, ele adapta o gasto calórico. Pode até ser que a pessoa gaste mais energia no começo para esquentar o corpo para o esforço, mas isso é compensado depois.

É preciso lembrar, sempre, que gasto calórico não quer dizer emagrecimento. Então, utilizar a temperatura do ambiente com esse pretexto não adianta.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat



O corpo absorve mais calorias em alguma refeição específica do dia?

Não. O que acontece é um equilíbrio entre o que é absorvido, o que é gasto e o que é armazenado ao longo do dia. O mais importante é tentar entender se o que você está consumindo está sendo gasto — com algum tipo de atividade física, por exemplo — ou somente armazenado, levando ao aumento de gordura corporal. Caso a resposta seja a segunda opção, não tem ponteiro de balança que aguente se manter firme.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

Alongar antes da musculação prejudica a hipertrofia?

Alguns estudos mostram que realizar uma sessão de alongamento pré-treino pode ser prejudicial à capacidade de gerar força e, consequentemente, atrapalhar nos resultados. Se for alongar antes ou depois do treino de musculação, execute movimentos leves, apenas para “soltar” a musculatura. Nada de focar na flexibilidade, pois, ao tentar chegar à sua amplitude máxima, o risco de lesões aumenta. Deixe o alongamento com esse propósito para outro dia.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat



Apostar no adoçante faz mal?

Faz. Aliás, ele pode engordar até mais do que o açúcar. O processo funciona assim: após a ingestão do adoçante, nosso cérebro se prepara metabolicamente da mesma forma que se prepararia se tivéssemos consumido um alimento rico em açúcar, sobrecarregando o corpo e nos estimulando a consumir ainda mais calorias.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais dicas de nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat



Existe alguma dieta radical que não faça tão mal à saúde?

Nenhuma dieta radical traz benefícios para o organismo. Cada indivíduo é diferente, então a dieta correta para o bom funcionamento do organismo pode variar de pessoa para pessoa.  Mas, ao seguir uma alimentação balanceada e variada, que cubra todos os grupos alimentares e seja baixa em ingredientes não desejáveis, como gorduras saturadas e açúcar, você estará no caminho certo para um corpo saudável.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais dicas de nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

Por Ana Paula Ferreira | Fotos Divulgação

O universo feminino não para de inovar e receber novidades! Por isso, todo mês, a CORPO vai te mostrar os produtos que já chegaram ou devem chegar em breve às prateleiras. Confira abaixo os lançamentos do mês de AGOSTO!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado



A crioterapia acelera a recuperação depois do treino de crossfit?

A aplicação do gelo pode sim ser utilizada após a aula com o objetivo de acelerar a recuperação, mas essa técnica não é comum nessa modalidade. Normalmente, ela é usada por jogadores de futebol que precisam estar com os músculos prontos para um novo treino no mesmo dia ou para um jogo. Minha dica é deixar essa técnica apenas para profissionais.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



O amálgama de mercúrio é nocivo?

Infelizmente sim. É assustador o número de pessoas que ainda carregam esse metal tóxico na boca, o que provavelmente se deve ao fato de os estudos de alerta, que apontam seus malefícios, serem relativamente recentes. Mas não são poucos, e muito menos desprezáveis.

O mercúrio tem afinidade com o sistema nervoso, tendo relação com o aumento dos casos de TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), autismo e dislexia, além de favorecer disfunções na tireoide, fadiga crônica e problemas de arritmia. Uma das principais fontes de contaminação são as amálgamas, e cada vez que se escovam os dentes ou ao se expor a ambientes com rede wi-fi esse “veneno” é liberado no organismo.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat



Dá para comer chocolate ao leite sem ganhar peso?

Dá, sim, porém é preciso levar algumas questões em consideração.  A primeira delas é suacomposição.  Por conter açúcares, gorduras trans e leite, esse tipo de chocolate aumenta a ansiedade e, consequentemente, a vontade de consumir mais doces

Outro ponto importante para se pensar é sua quantidade de cacau, que é baixíssima. Assim, ele acaba não trazendo nenhum benefício à saúde, diferentemente do meio amargo ou amargo. Por isso, consuma com moderação. E se tiver a oportunidade, escolha os que têm uma concentração de cacau acima de 50%.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais dicas de nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



Meu colesterol veio acima do limite de referência. Devo me preocupar?

De maneira geral, não. Apesar de crescermos ouvindo que o colesterol aumenta o risco de doenças cardiovasculares, hoje essa é uma afirmação ultrapassada. O colesterol não é um vilão, mas sim um ingrediente essencial à vida. Nossas células, nossa imunidade e nossos hormônios, inclusive a vitamina D, dependem dessa substância.  

Claro que não queremos nada em excesso no nosso corpo, e valores muito acima dos adequados podem representar um distúrbio familiar (a hipercolesterolemia, alteração em que membros da mesma família apresentam níveis elevados de colesterol desde o nascimento) e merecem os devidos cuidados. Mas a ideia de que o colesterol acima dos valores de referência é algo preocupante precisa, sim, ser revista. 

Sem dúvida pode ser prejudicial, mas vai depender do estilo de vida de cada um: se a pessoa é fumante, se é sedentária, se possui uma alimentação rica em gorduras trans e industrializados, se sofre de alguma doença de base, como diabetes etc.  Caso contrário, a pessoa pode conviver com valores elevados sem problemas. Preocupante é ter níveis muitos baixos.  Em todo caso, é importante consultar um médico para avaliação do caso.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado 



Depois de emagrecer, há algum exercício que dê jeito na sobra de pele da barriga?

Quando se perde muito peso, a cútis pode não acompanhar o processo e se tornar flácida, ganhando aspecto de sobra e dando até uma falsa impressão de gordura abdominal. Infelizmente, não existe nenhum exercício que trabalhe exatamente isso. 

O ideal é que a pessoa continue treinando e se alimentando bem, pois a aparência da barriga pode melhorar quando a flacidez não for tão acentuada. Mas caso a perda de peso tenha sido grande e o aspecto a incomode de verdade, a mulher pode optar por uma intervenção cirúrgica, como a abdominoplastia.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado



Como saber se eu estou exagerando no treino?

O nosso corpo costuma dar vários sinais quando passamos do limite. Eles são muito individuais, mas, normalmente, as primeiras regiões a “reclamar” são as articulações dos joelhos, dos ombros, dos cotovelos e do quadril. Se elas doem é porque em algum momento você estressou os seus músculos, o que gera uma sobrecarga e, posteriormente, uma inflamação. Outros sintomas são: aumento do apetite, dor de cabeça, insônia, alergias, doenças autoimunes, mau humor e dores em geral. 

Procure escutar o seu corpo e tenha um bom profissional para periodizar a sua rotina de treinamento, lembrando que o descanso também é essencial!

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde e treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães 

O que devo comer à noite para não ter insônia?

Alimentos ricos em melatonina, como cereja e nozes, e os ricos em triptofano (aminoácido precursor da serotonina), como abacate, banana, kiwi (uma hora antes de dormir), quinoa e tomate, são fortes aliados para uma boa noite de sono. 

Uma banana amassada levemente com o garfo (só para desfazer a forma de fruta) com uma colher de chá de cominho em pó é um dos melhores remédios caseiros para insônia, além, claro, dos chás de camomila, erva-cidreira e folha de maracujá. Já o alho, carne vermelha, embutidos, crustáceos e frituras podem fazer você perder a conta dos carneirinhos.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

O que é e como evitar o catabolismo?

Ele é um processo bioquímico de degradação. Traduzindo para uma linguagem de treinamento: toda vez que o seu corpo faz uma quebra, seja de músculo ou de gordura, é catabolismo. Nós jamais queremos o catabolismo muscular, pois isso resultaria em menos massa magra. Sendo assim, o treinamento nunca deve ser demasiado, e a alimentação precisa sempre ser bem balanceada.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



Amamentar protege contra o câncer?

Ao que tudo indica, sim. Diversos estudos apontam uma proteção contra o câncer de útero, ovário e mais especificamente o de mama, principalmente após cinco ou seis meses de amamentação. Os mecanismos por trás desse efeito ainda não são claros, mas acredita-se que tenha relação com o período anovulatório (fase em que a mulher não ovula), durante o aleitamento, diminuindo, assim, a exposição aos hormônios estrogênios que têm relação direta com o câncer de mama, por exemplo. Fora que existe uma tendência, durante esse período, de a mulher se alimentar melhor, com mais verduras e legumes, alimentos ricos em minerais e antioxidantes, nutrientes superimportantes na prevenção dessa doença.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>