assine

Cadastre seu e-mail e receba todas as novidades da Corpo a Corpo



*Por Chico Salgado



O treinamento funcional é mais indicado do que a musculação para quem corre?

Sim e não. Quando você faz musculação visando ao fortalecimento e a prevenção de lesões para outra modalidade, ela passa a ser específica para aquilo. O treino funcional pode ser de grande importância também por envolver trabalhos de instabilidade e equilíbrio, porém, os dois devem se completar e entrar em fases distintas. 

Se a ideia é prevenção, a musculação pode ser uma grande aliada. Se o objetivo for melhorar a capacidade funcional de movimentos próprios da corrida, então, o funcional é o mais indicado.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer saber mais sobre treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patrícia Davidson Haiat



Qual óleo de cozinha é o menos prejudicial?

Azeite e óleo de coco estão entre as melhores opções para se usar na hora de cozinhar. Infelizmente, os óleos que conhecemos, como soja, canola, girassol e milho, são modificados industrialmente (os famosos transgênicos) e armazenados em embalagens plásticas, fazendo que substâncias presentes no material migrem e os contaminem.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer saber mais sobre alimentação saudável? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat

Por causa das refeições off, muitas pessoas costumam

ganhar de 0,5 kg a 2 kg / Foto Shutterstock

Durante a dieta, o certo é ter um dia livre para comer o que quiser ou apenas uma refeição livre?

O ideal é manter o comprometimento e não escolher nenhuma refeição nem dia de lixo, pois nos condicionamos a ter um dia em que podemos chutar o balde. Isso é prejudicial para o organismo, que está em um processo de mudança e precisa se adaptar à nova rotina. Além disso, nesses dias ou refeições de lixo muitas pessoas costumam ganhar de 0,5 kg a 2 kg, não sendo vantajoso para quem foca na perda de peso.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

O boxe é uma atividade de alto gasto calórico

Foto Shutterstock

É verdade que o boxe ajuda a afinar a cintura?

A luta trabalha muito a musculatura que envolve o CORE – o abdome, os oblíquos, os intercostais, a lombar e os glúteos, além de ser uma atividade de alto gasto calórico, o que favorece a perda de peso

O resultado é um corpo com menos gordura e um CORE mais fortalecido, o que, consequentemente, reflete em uma silhueta mais desenhada. No caso das mulheres, a cintura acaba ficando mais marcada, sim.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

Opte sempre por iogurtes fermentados artesanalmente

Foto Shutterstock

Iogurtes podem alimentar bactérias ruins do intestino?

Sem dúvida. Ele é um alimento ancestral e com benefícios inquestionáveis à saúde, o problema está nos industrializados. 

Além dos malefícios do leite de origem industrial, que aumenta inflamação e processos alérgicos por meio de um quadro conhecido por disbiose (desequilíbrio entre os micro-organismos que compõem a flora intestinal), esses iogurtes contêm substâncias tóxicas — como corantes, conservantes, derivados de petróleo nas embalagens de plásticos, açúcar refinado ou adoçantes artificiais — que interferem no equilíbrio entre as bactérias que vivem naturalmente no intestino, impedindo que haja um desenvolvimento das boas e favorecendo a proliferação das patogênicas. Para alcançar maior prazo de validade, eles ainda passam pelo processo de pausterização, o que acaba matando os lactobacilos “do bem”. 

O ideal é que os iogurtes possuam “culturas vivas e ativas”, como no caso dos fermentados artesanalmente, que utilizam fontes vegetais como coco, amêndoas, castanhas ou nozes.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna.

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat

Saiba como escolher ovos mais nutritivos

Foto Shutterstock

Qual a diferença entre o ovo de casca clara e o de casca escura? 

Não há diferença nutricional significativa entre os ovos de cores diferentes – ser claro ou escuro na verdade apenas tem a ver com a genética da galinha. Mas já que estamos falando desse assunto, saiba que as aves que recebem uma alimentação mais variada e são criadas livres dão ovos mais nutritivos, como é o caso dos caipiras e orgânicos.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

O refluxo é o retorno do conteúdo do estômago para

o esôfago / Foto Shutterstock

Quais são as causas e as consequências do refluxo? Como é o tratamento?

O refluxo é o retorno do conteúdo do estômago para o esôfago e acontece quando o esfíncter, anel que separa as duas regiões, não fecha bem. Isso ocorre por vários fatores, entre eles, hérnia de hiato, fumo, obesidade, gravidez e maus hábitos alimentares. Esse último leva a uma digestão fraca, fazendo que o alimento fique no estômago mais tempo do que deveria, favorecendo o refluxo que, quando crônico e em longo prazo, pode levar ao câncer de esôfago. 

Alimentos ricos em açúcares, cafeína, amido, laticínios e industrializados inibem a produção de enzimas digestivas essenciais à boa digestão. Após uma triagem que exclua fatores como a hérnia hiatal, é importante fortalecer a digestão, evitando os alimentos mencionados; melhorando a ingestão de água (no mínimo 40 ml/kg de peso por dia, e nunca durante as refeições); e usar mais vinagre, gengibre e limão, esse último em jejum.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

Saiba se o novo queridinho fitness pode ser praticado

por iniciantes / Foto Shutterstock

O HIIT pode ser aplicado para as alunas iniciantes?

É muito difícil que quem esteja começando – ou seja, que apresenta pouca capacidade respiratória – consiga alcançar níveis de esforço suficientes para um HIIT, propriamente dito, sem passar mal. O ideal é fazer um trabalho progressivo, mesmo que intermitente [oscilando níveis de esforço], para que a pessoa ganhe condicionamento físico sufi ciente e possa realizar o treinamento de alta intensidade de forma adequada.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer saber mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Eduardo Magalhães

Em excesso, o sódio pode causar alguns problemas para

a saúde / Foto Shutterstock

Quais são os riscos do consumo de sódio para o corpo? 

Ele é um mineral fundamental ao organismo. O problema é o excesso, que pode levar à sobrecarga dos rins, hipertensão e riscos ao coração. Isso costuma ocorrer não pelo excesso de sal, mas, sim, quando temos uma alimentação rica em alimentos processados como presunto, mortadela, salsicha, enlatados e defumados, e temperos prontos como ketchup, maionese, shoyu, caldos de galinha, sopas instantâneas,  etc.

Uma alimentação mais natural, à base de frutas, legumes, grãos integrais,  gorduras boas e carnes magras, dificilmente levará ao excesso desse mineral,  mesmo consumindo sal integral (marinho ou rosa do Himalaya), sem exageros, até 5 g/dia (o equivalente a 2 g de sódio), em suas refeições.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat

Quando a flora está desequilibrada, há necessidade de

consumir novos micro-organismos benfeitores ao corpo

Foto Shutterstock

Como podemos alterar a flora intestinal para perder peso?

Pequenas mudanças nos hábitos alimentares e no estilo de vida contribuem para a composição da flora, gerando um ambiente propício para o desenvolvimento de bactérias intestinais mais saudáveis, resultando na eliminação dos quilos extras. Porém quando o desequilíbrio já está presente, há a necessidade de reintroduzir novos micro-organismos benfeitores ao corpo, geralmente encontrados em probióticos.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

Consumo de bebidas alcoólicas prejudica o desempenho

de pessoas que treinam / Foto Shutterstock

Quais os perigos do álcool para quem pratica atividade física?

Vai variar de acordo com sexo, idade e sensibilidade de cada um. Mas se o consumo for casual e moderado, isto é, até duas doses (duas latas de cerveja ou duas taças de vinho), de maneira geral, não há problema, contanto que não seja no dia do exercício ou, nos casos dos mais intensos ou de precisão, nas últimas 72 horas. O consumo de álcool prejudica o desempenho do atleta por diminuir o tempo de reação, equilíbrio, força, velocidade, capacidade muscular e respiratória. Além disso, pode levar à desidratação e perda de eletrólitos, facilitando o risco de arritmia cardíaca; ou ainda causar hipoglicemia, aumentando o catabolismo muscular, com eliminação de potássio, o que favorece riscos cardíacos. 

Vale ressaltar que os efeitos prejudiciais do álcool costumam ser piores nos sedentários do que nos praticantes de atividade física, conforme evidências científicas. Portanto, a desculpa de não se exercitar por gostar de beber não vale.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

As caminhadas dificilmente vão ajudar a engrossar

as pernas / Foto Shutterstock

Caminhar ajuda a engrossar as pernas?

Dificilmente. Para a maioria das pessoas, essa é uma atividade normal. Mesmo que seja feita de forma contínua e ritmada, só vai acontecer a hipertrofia para quem for extremamente sedentária e, mesmo assim, em um grau muito pequeno. Claro que caminhadas em terrenos inclinados ou na areia podem tonificar as pernas e as panturrilhas, mas, geralmente, em pessoas que estão iniciando na prática.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer saber mais sobre treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat

Prefira sempre o atum conservado em óleo

Foto Shutterstock

Atum em lata faz bem?

Ele não figura entre as opções mais recomendadas pelos nutricionistas, já que o alumínio presente nos enlatados é tóxico para o organismo. Apesar disso, o peixe de latinha pode ser uma boa opção para quem quer fazer um lanche rápido. 

Prefira sempre o conservado em óleo, afinal, o líquido atua como uma espécie de filtro de contaminantes, evitando que micro-organismos malfeitores se alojem no atum.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat

Apostar em saladas é sempre uma boa escolha ao

comer fora / Foto Shutterstock

Como manter uma alimentação saudável quando as amigas vivem querendo sair para comer?

Sair e fazer escolhas saudáveis nos restaurantes é possível, sim.  Quando sentar-se à mesa, dispense a entrada com pãezinhos. E quando for partir para o prato principal, prefira uma salada, um ceviche, um guacamole ou uma caponata de legumes. Se você estiver em uma lanchonete, peça por uma omelete ou uma saladinha rápida, com atum ou frango. Outra dica é fazer um lanche antes de sair de casa. Assim você chega ao restaurante com menos fome – experimente preparar um ovo mexido ou se deliciar com uma porção de oleaginosas.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br

Quer conferir mais dicas de alimentação saudável? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

O agachamento recruta a musculatura do corpo todo

Foto Shutterstock

Agachamento ou leg press: qual é o mais eficaz?

Ambos são ótimos para desenvolver pernas fortes e trabalhar os membros inferiores, tanto os quadríceps quanto os posteriores de coxa. Acredito que o agachamento seja mais completo, já que recruta a musculatura do corpo todo e permite aumentar a amplitude do movimento. O leg press, por outro lado, nos permite executar o exercício com cargas maiores com mais segurança. 

Os dois podem ser usados em conjunto no programa de treinamento, porém é indispensável que este seja feito por um profissional qualificado, para adaptá-lo às necessidades de cada aluna.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer saber mais sobre treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

80% dos casos de diabetes e das doenças cardiovasculares

têm como causa a obesidade / Foto Shutterstock

É possível uma pessoa, mesmo sendo obesa, ser saudável?

Mesmo apresentando taxas de colesterol, triglicerídeos e glicemia normais, o acúmulo de gordura tem relação direta com todos os tipos de câncer, por elevar a enzima aromatase, que aumenta a produção de estrógeno no tecido adiposo da mama e favorece o surgimento deste câncer. Portanto, quanto mais tecido adiposo, mais carcinógenos. 

Além disso, 80% dos casos de diabetes e das doenças cardiovasculares têm como causa a obesidade. Para prevenir o problema, vale cultivar bons hábitos, como exercícios regulares, alimentação e hidratação adequadas, sono reparador, controle do estresse e ter relacionamentos sadios.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

Veja a opinião do personal e colunista da Corpo,

Chico Salgado / Foto Shutterstock

Para realizar exercícios que gerem instabilidade, como os praticados no treinamento funcional, é melhor descalça?

Não acho que o tênis atrapalhe nesse tipo de movimento. Entretanto, o calçado deve ser adequado para a prática e respeitar o formato do seu pé. Alguns exercícios com o intuito de fortalecer as articulações, como as do tornozelo, por exemplo, podem ser feitos descalça. Mas isso depende do trabalho e, também, do profissional que está prescrevendo tal treino.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer saber mais sobre treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

Refeições coloridas, com frutas e legumes, fazem bem

para a imunidade / Foto Shutterstock

É viável aumentar a imunidade do organismo pela alimentação?

Sim. Alimentos ricos em ferro, vitamina C, zinco e antioxidantes fortalecem a imunidade. Refeições coloridas, com frutas e legumes como uva, maçã, coco, abacate, salsão, couve, brócolis, tomate, cenoura, chicória (rica em inulina, fibra excelente para imunidade) são um verdadeiro exército de defesa. O inhame, além de ser rico em zinco, ajuda a fortalecer os gânglios linfáticos, aumentando as defesas; aveia e cogumelos reishi, shiitake e maitake também aumentam a imunidade, pois são ricos em betaglucanos, polissacarídeos com ação imunoestimulante. 
Experimente um suco matinal com esta receita: 1 maçã, ramos de manjericão,  suco de 1 limão ou 1 tangerina e raspas da casca, uma ponta de inhame cru, 2 folhas de couve, uma lasca  (de 2 cm) de gengibre. 
Destaco ainda uma tropa de elite: kefir, clorela, óleo de coco e ginseng brasileiro.  Farinha (e derivados) e açúcar acabam com a imunidade.


*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

Ingerir 40 ml de água/kg de peso, por dia, e não ficar mais de duas horas sem tomar água pode

ajudar a evitar a retenção de líquido / Foto Shutterstock

O consumo exagerado de água pode piorar a retenção de líquidos?

A maioria das pessoas sofre de desidratação, especialmente as que esperam para tomar água apenas quando estão com sede. E uma das consequências pode ser retenção, pois o corpo tende a acumular nutrientes essenciais que lhes falta.

Outra explicação para a retenção de líquidos é o acúmulo de toxinas – retém para diluí-las e diminuir os efeitos nocivos.

Uma boa conta para eliminar toxinas e evitar o inchaço é ingerir 40 ml de água/kg de peso, por dia, e não ficar mais de duas horas sem tomar água.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

Veja o aquecimento indicado para treinar membros superiores

Foto Shutterstock

Preciso fazer aquecimento na esteira ou na bicicleta, mesmo se for malhar só os membros superiores?           

É recomendado um aquecimento geral e outro específico. O primeiro serve para aumentar a temperatura corporal, preparando os músculos para o treinamento. Para isso, cinco minutos de esteira ou bicicleta são sufi cientes. Já o aquecimento específico consiste em movimentos utilizando as articulações que serão requisitadas naquele treino, sempre com cargas bem leves e alto número de repetições, a fim de melhorar o fluxo sanguíneo naquela região e lubrificar as articulações. Fazendo sempre esse pequeno protocolo de dez minutos antes dos exercícios, as chances de lesão serão bem menores!


*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer saber mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat

A dica é substituir aos poucos os alimentos por opções

mais saudáveis / Foto Shutterstock

Como posso tornar o processo de reeducação alimentar mais fácil?

Inclua no cardápio, aos poucos, alimentos que sejam de fácil aceitação. Se você gosta de maçã, por exemplo, tente consumir a fruta no café da manhã. O importante é fazer substituições como essas em todas as refeições. 

Para ajudar, reduza gradualmente a ingestão de alimentos ricos em açúcar e gordura, como pães, biscoitos, refrigerantes e doces. Opte por tapioca, mate, limonada e biscoitos caseiros se bater uma vontade de sucumbir aos hábitos antigos.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

Por Eduardo Magalhães

Aposte na receita caseira de repelente sugerida pelo

profissional / Foto Shuttersrtock

Vitamina b funciona mesmo para evitar picada de inseto?

Não há embasamento científico para a tese de que as vitaminas do complexo B, quando ingeridas além da necessidade do organismo, seriam eliminadas pela pele, liberando um odor que espantaria os mosquitos.  Por outro lado, alguns artigos apontam uma ação repelente da cúrcuma na forma de óleo essencial. Existe também uma receita boa para passar na pele e prevenir a picada do Aedes aegypti: em 1/2 litro de álcool, coloque 1 pacote (10 g) de cravo-da-índia e deixe curtir por quatro dias, agitando de manhã e à tarde.  Depois, acrescente 1 vidro  (100 ml) de óleo de bebê.  Espalhe uma gota nos braços e uma nas pernas quando for usar.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat

Excesso de vitamina C pode provocar náuseas, diarreia

e levar à formação de cálculos renais / Foto Shutterstock

Vitamina C em excesso faz mal?

O máximo que o organismo consegue absorver da vitamina é 1 g por dia, o que dá para conseguir quando você consome diariamente frutas, verduras e legumes ricos no nutriente – alguns dos melhores são acerola, laranja, caju, goiaba, manga, pimentão, brócolis e salsa. 

Em excesso no corpo, apenas uma parte será eliminada pela urina e o resto ficará acumulado. Ingerir altas doses de vitamina C (pela dieta ou uso indiscriminado de suplementos) por um longo período pode provocar náuseas, diarreia e levar à formação de cálculos renais.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

Nunca deixe de procurar um profissional para passar as

orientações necessárias / Foto Shutterstock

Tudo bem tomar suplemento de testosterona para ajudar no ganho de massa muscular?

Quando se trata de hormônios, é preciso respeitar a “regra do três”: o hormônio certo, na dose certa, para a pessoa certa. Vale lembrar também que nenhuma substância do tipo deve ser empregada para fins estéticos e tem que ser prescrita por um médico – nunca pelos colegas ou professores da academia. 

Tomando esses cuidados (e adotando um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada, sono e atividade física, claro), é possível, sim,  que a testosterona ajude no ganho de massa magra, além de trazer outros benefícios, como proteção cardiovascular, melhora da libido e do humor e queima de gordura.

Fontes de cálcio (brócolis, gergelim e sardinha) e potássio (água de coco, melão e inhame) também são aliadas. Mas a medida mais importante e fácil de seguir no dia a dia: beber bastante água – pelo menos 2 litros por dia.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

É comum o treino gerar algum tipo de dor "saudável"

Foto Shutterstock

Posso treinar mesmo se estiver sentindo dor?

A malhação costuma gerar algum tipo de dor “saudável”. Esse desconforto momentâneo é decorrente da inflamação gerada pelo treino, que tem como objetivo recuperar a musculatura e gerar a adaptação que queremos. Toda vez que a dor aparece é pelo processo inflamatório e, por isso, ela deve ser respeitada. 

Existem também as provenientes de algum tipo de lesão, muscular ou articular. Estas devem ser acompanhadas por um médico ou um fisioterapeuta, pois podem se agravar com o treino e se tornar crônicas, atrapalhando a rotina de exercícios da aluna.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer saber mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

O óleo essencial de hortelã pimenta ajuda a diminuir

o incômodo da dor de cabeça / Foto Shutterstock

Existe uma automassagem para aliviar dor de cabeça?

Tem, sim, e é bem simples de fazer. Com um pouco de óleo essencial de hortelã pimenta (também conhecido como Mentha piperita) na ponta dos dedos indicadores, massageie as têmporas em sentido horário, lentamente e colocando uma pressão suave, por um ou dois minutos. 

Aproveite para respirar profunda e calmamente nesse momento. A técnica é tiro e queda para aliviar dores de cabeça – inclusive quadros de enxaqueca – e acalmar estados nervosos.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>