O colesterol é um ingrediente essencial à vida. Saiba até onde ele pode ser ou não prejudicial para a saúde

*Por Eduardo Magalhães



Meu colesterol veio acima do limite de referência. Devo me preocupar?

De maneira geral, não. Apesar de crescermos ouvindo que o colesterol aumenta o risco de doenças cardiovasculares, hoje essa é uma afirmação ultrapassada. O colesterol não é um vilão, mas sim um ingrediente essencial à vida. Nossas células, nossa imunidade e nossos hormônios, inclusive a vitamina D, dependem dessa substância.  

Claro que não queremos nada em excesso no nosso corpo, e valores muito acima dos adequados podem representar um distúrbio familiar (a hipercolesterolemia, alteração em que membros da mesma família apresentam níveis elevados de colesterol desde o nascimento) e merecem os devidos cuidados. Mas a ideia de que o colesterol acima dos valores de referência é algo preocupante precisa, sim, ser revista. 

Sem dúvida pode ser prejudicial, mas vai depender do estilo de vida de cada um: se a pessoa é fumante, se é sedentária, se possui uma alimentação rica em gorduras trans e industrializados, se sofre de alguma doença de base, como diabetes etc.  Caso contrário, a pessoa pode conviver com valores elevados sem problemas. Preocupante é ter níveis muitos baixos.  Em todo caso, é importante consultar um médico para avaliação do caso.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!