A prisão de ventre pode acarretar diversos efeitos negativos para o organismo e corpo. Descubra se este problema também pode influenciar no seu peso e aumento de gordura

*Por Eduardo Magalhães

Prisão de ventre, em longo prazo, engorda?

Aumenta muito a tendência, sim. Uma pessoa com intestino “preso” tende a ter mais fome, redução da termogênese (gasto calórico) e aumento da resistência à insulina, condição favorável ao ganho de gordura, pois, dentre outros problemas, aumenta a inflamação silenciosa no organismo, que inibe a queima de gordura.

Outro distúrbio que também aumenta inflamações e consequentemente o acúmulo de gordura, e está associado à constipação, é a disbiose, um desequilíbrio entre os micro-organismos que compõem a flora intestinal. Um intestino saudável deve funcionar todos os dias. Muita água, exercícios físicos, consumo de fibras e probióticos podem ajudar muito.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna.

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer saber mais curiosidades sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui