O consumo de bebidas alcoólicas pode ter vários efeitos negativos no desempenho de saúde de quem treina. Saiba mais!

*Por Eduardo Magalhães

Consumo de bebidas alcoólicas prejudica o desempenho

de pessoas que treinam / Foto Shutterstock

Quais os perigos do álcool para quem pratica atividade física?

Vai variar de acordo com sexo, idade e sensibilidade de cada um. Mas se o consumo for casual e moderado, isto é, até duas doses (duas latas de cerveja ou duas taças de vinho), de maneira geral, não há problema, contanto que não seja no dia do exercício ou, nos casos dos mais intensos ou de precisão, nas últimas 72 horas. O consumo de álcool prejudica o desempenho do atleta por diminuir o tempo de reação, equilíbrio, força, velocidade, capacidade muscular e respiratória. Além disso, pode levar à desidratação e perda de eletrólitos, facilitando o risco de arritmia cardíaca; ou ainda causar hipoglicemia, aumentando o catabolismo muscular, com eliminação de potássio, o que favorece riscos cardíacos. 

Vale ressaltar que os efeitos prejudiciais do álcool costumam ser piores nos sedentários do que nos praticantes de atividade física, conforme evidências científicas. Portanto, a desculpa de não se exercitar por gostar de beber não vale.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!