Reportagem: Camila Saipp

exercícios físicos grávida

As mamães devem retomar os exercícios começando com 
atividades leves, de preferência aeróbicas
Foto: Caio Mello 

Alguns dias após o parto, muitas mulheres começam a se preocupar em recuperar a antiga forma e se perguntam quando poderão voltar a praticar exercícios físicos e fazer dieta. A Dra. Barbara Murayama, ginecologista, obstetra e diretora da clínica Gergin, afirma que cada mulher tem um limite de dor e seu organismo é único e reage de maneira individualizada ao parto, portanto cada uma deverá respeitar o seu tempo para recomeçar as atividades físicas. Ainda assim, ela acredita que 30 ou 40 dias depois de dar à luz o corpo já está recuperado e pronto para voltar a “trabalhar”: “Em geral, um mês após o parto, a mamãe já pode retomar atividades com foco na parte aeróbica, mas com baixo impacto”.

O fisioterapeuta e instrutor de pilates do Zahra Spa & Estética, Vinicius Zacaria, reforça que a mulher deve respeitar o tempo que ficou sem se exercitar, voltando aos poucos até que alcance a sua rotina normal de atividades. “O que se deve evitar são exercícios muito intensos, que possam levar ao esgotamento físico, já que isso pode prejudicar a produção de leite materno levando a uma má nutrição do bebê no momento em que ele mais precisa”, explica Vinicius.

Quanto à dieta, a nutricionista Thabata Martins, do Zahra Spa & Estética, recomenda que a mulher comece a emagrecer com uma reeducação alimentar e um cardápio variado, rico em fibras, cereais, alimentos integrais, muito líquido, frutas, legumes e carnes. “Se a dieta for muito restritiva ou inadequada, pode deixar a mãe e o bebê em carência nutricional”, afirma a especialista.

Além disso, o simples fato de amamentar já contribui para a perda de peso: “É necessário um consumo enorme de calorias para formar o leite e essa energia é retirada da reserva da mãe, ajudando-a a emagrecer. É por isso que não é recomendada uma dieta restritiva durante o período de amamentação”, completa a Dra. Barbara Murayama.