Muitas pessoas ainda carregam esse metal na boca. Saiba quais efeitos ele pode ter no nosso organismo

*Por Eduardo Magalhães



O amálgama de mercúrio é nocivo?

Infelizmente sim. É assustador o número de pessoas que ainda carregam esse metal tóxico na boca, o que provavelmente se deve ao fato de os estudos de alerta, que apontam seus malefícios, serem relativamente recentes. Mas não são poucos, e muito menos desprezáveis.

O mercúrio tem afinidade com o sistema nervoso, tendo relação com o aumento dos casos de TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), autismo e dislexia, além de favorecer disfunções na tireoide, fadiga crônica e problemas de arritmia. Uma das principais fontes de contaminação são as amálgamas, e cada vez que se escovam os dentes ou ao se expor a ambientes com rede wi-fi esse “veneno” é liberado no organismo.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!