A dúvida é comum: pode misturar químicas de cabelos? Veja os cuidados que você deve ter na hora de aplicar tratamentos casados nas madeixas

Reportagem: Carla Festucci

cabelos quimicamente tratados

Os cabelos quimicamente tratados ficam mais fragilizados. Então, atenção redobrada com

os cuidados para mantê-los sempre hidratados

Foto: SXC

Quem faz relaxamento, progressiva ou trata os cabelos com qualquer outro tipo de química que interfira na estrutura capilar, deve tomar cuidado com algumas tinturas. Dois tipos de química nos mesmo cabelos pode ser muito agressivo aos fios. Segundo Rosemeire de Oliveira, consultora de desenvolvimento pedagógico do Instituto Embelleze, é importante verificar se os componentes químicos são compatíveis entre si. "Por exemplo, tioglicolato de amônia (geralmente usado no alisamento) e hidróxido de sódio (usado em escovas definitivas e japonesas) só são compatíveis com eles mesmos e, portanto, não é aconselhado misturá-los com luzes, reflexos e até com algumas colorações", afirma.

Essa máxima é válida no caso de cabelos muitos danificados. Segundo Adelson Moura de Araújo, cabeleireiro da MR Martin Coiffeur Hair & Beauty (RJ),  esses tratamentos podem ser compatíveis desde que seja feita uma avaliação prévia dos fios da cliente. "Uma vez que os cabelos já tenham sido processados, o ideal é fazer um teste de mecha antes da aplicação do produto, pois a tolerância dos fios (sensibilização, fragilidade, etc.) pode impedir a aplicação", garante.

Para que tudo dê certo, é importante que a mulher diga ao seu cabeleireiro o que já foi feito nos fios anteriormente, para que ele avalie o estado das madeixas e veja o que pode e o que não pode ser aplicado. "É preciso saber o quanto os cabelos já foram forçados para não fragilizá-los ainda mais. Caso contrário, os fios correm risco de quebrarem. Mas, se as madeixas não estiverem saudáveis para receber uma coloração neste momento, existem tratamentos para serem feitos antes ou até mesmo durante a aplicação das tinturas e, assim, possibilitar que os cabelos com química recebam reflexos e luzes", afirma  o cabeleireiro Wesley Nobrega, do Studio W Higienópolis.