Acontece com todo mundo: frizz, ressecamento, desbotamento, queda... Se o seu cabelo também precisa de uma intervenção de emergência para voltar a ficar lindo, confira, a seguir, dicas preciosas de especialistas que apontam a melhor solução para recuperar os fios, com base nos problemas mais recorrentes e comuns

Por Carol Sales | Foto Shutterstock | Adaptação Ana Paula Ferreira


O sol, a chuva, o envelhecimento natural, o secador, a chapinha. Tudo isso agride o cabelo, deixando-o ressecado, arrepiado, desnutrido e sem vida. Por outro lado, fazem parte do dia a dia da maioria das mulheres, não tem jeito. Para tornar esse fato, tão corriqueiro, mais leve e sob controle, elaboramos um guia de cuidados rápidos e fáceis para uma série de pequenos probleminhas que comprometem a beleza dos fios.

Frizz

Ele pode ser entendido como uma consequência da porosidade do fio. Como explicado anteriormente, ao sofrer agressões, a cutícula se abre e deixa os fios mais propensos a absorver água, o que faz que ganhem aspecto arrepiado. Mas não é só isso. Outros agentes agressores, como os raios UV, o cloro das piscinas e até o atrito do cabelo contra tecidos ou lenços, por exemplo, também abrem as escamas. 

- Prefira pentes de madeira, já que os de plástico favorecem o frizz. 
- Se você acorda com o cabelo arrepiado, experimente trocar sua fronha por uma de cetim ou seda. Esses dois tecidos não geram atrito e, portanto, evitam o frizz. Toalhas de algodão também podem ser trocadas por microfibra, que preserva a cutícula e absorve mais água do que as toalhas comuns.
- Blinde as madeixas com séruns antifrizz espalhados nos fios ainda úmidos. E, nos dias chuvosos, aplique, no cabelo seco, sprays fixadores ou pomadas – eles criam uma camada em torno do fio que ajuda a protegê-lo da umidade. 
- Ulisses SJ, cabeleireiro do E.A Creative Salon, de São Paulo (SP), sugere o uso de xampus sem sulfato, que são mais suaves. Além disso, enxágue com água morna (nunca quente) e finalize a lavagem com um jato de água fria, que fecha as cutículas.

Finos e ralos

Se você não nasceu com uma cabeleira vasta e esvoaçante, relaxe: a culpa é da genética. Na maioria das vezes, cabelos finos e ralos são uma característica herdada e nada pode ser feito para mudar a maneira como seus fios crescem. Ainda assim, pequenos truques ajudam a dar mais corpo a eles.

- Existem xampus, assim como mousses e sprays, que prometem mais volume. Invista neles, mas economize no condicionador, para não pesar no cabelo e deixá-lo ainda mais murchinho.
- Outro truque é secar o cabelo com a cabeça para baixo. Assim, a raiz fica discretamente levantada, favorecendo o volume do comprimento.
- O babyliss é outro aliado. Faça cachos com ele e depois os desmonte com as mãos, mantendo apenaso ondulado. Esse estilo é o famoso babyliss desconstruído, que dá um ar descolado para os fios. 
- O cabelo afina em direção à raiz, por isso, cortes regulares, numa altura onde o fio ainda é mais grosso, eliminam a impressão de fios ralos nas pontas.

Desbotados

Não tem jeito: toda tinta de cabelo acaba perdendo o tom vivo e o brilho com o tempo. A exposição ao sol, cloro, sal e calor (como o do secador e da chapinha) “enfraquece” os pigmentos, e a cor fica desbotada e sem vida. No entanto, existem várias medidas que podem ser tomadas para prolongar a duração da cor. 
- Prepare os fios: três dias antes da coloração, faça uma hidratação para fortalecê-los.
- Um cuidado óbvio, mas que nem todo mundo tem, é o de usar xampus e condicionadores menos agressivos, que ajudam a manter a cor por mais tempo.
- Evite se expor ao sol por muito tempo. Mas se for inevitável, use chapéu e leave-in de proteção da cor.
- Dê preferência para banhos com água morna, que é menos agressiva que a quente.
- Não abra mão do protetor térmico antes do secador, chapinha ou babyliss. Ele vai blindar os fios contra danos causados pelo calor. Evite lavagens diárias e tente espaçá-las o máximo que conseguir.
- “Aposte em máscaras que ajudam a manter a cor ou banhos de óleos vegetais, como o de coco, uma ou duas vezes por semana”, indica Fabinho Araújo, hairstylist do Salão Criar by Fabinho Araújo, de São Paulo (SP).

Não acabou por aqui, não! Se você quer saber qual é a melhor solução para recuperar os fios de outros problemas, basta garantir a edição 340 da Corpo a Corpo! Então corra para a banca ou adquira a sua CORPO aqui → https://goo.gl/SbgHhA