Com as escovas progressivas sem formol, já é possível manter os fios lisérrimos, sedosos, macios, com movimento. Veja o que há de novidade em tratamentos para alisar os cabelos

 

Alisamento para cabelos ondulados


- Como é feito: o cabelo é lavado com um xampu de limpeza profunda e seco a 80%. Depois, o profissional aplica o produto alisante, que contém manteiga de cupuaçu e trigo, e deixa agir de 15 a 20 minutos, e então enxágua. Depois os fios são secos com escova e chapinha.

- Substância que alisa: carbocisteína, enriquecida com dimeticona, manteiga de cupuaçu e trigo. Os ativos entram na escama do fio, fechando as cutículas (parte externa), e envolvem-nas como um filme protetor, transformando assim a estrutura capilar, que se torna reta.

- Vantagens: não é tóxico como o formol. O tratamento sai por igual, sem aquele efeito de raiz arrepiada.

- Desvantagens: não tem nenhuma restrição.

- Compatibilidade: harmoniza-se com todas as químicas, sem exceção. “Mas por segurança é melhor fazer uma análise antes com o profissional, porque, dependendo do cabelo, se estiver muito danificado, não dá pra fazer a escova”, alerta Viviane Costa, cabeleireira do Studio de Beleza Sonia Nesi (RJ).

- Quanto tempo dura: quatro meses.

- Manutenção no dia a dia: uma rápida secagem pode deixá-los mais bonitos.

- Preço médio por aplicação: R$ 180, dependendo do volume e do comprimento