Cansaço, falta de sono e estresse podem estar causando a queda de cabelo que tanto a incomoda! Saiba por que isso acontece e como se prevenir

Texto Karina Hollo | Adaptação Ana Araujo

Queda de cabelo pode ser causada por estilo de vida estressante

Queda de cabelo pode ser causada por estilo de vida estressante

Foto: Shutterstock

 

Creia, mulher de pouca fé: queda de cabelo é uma das maiores reclamações nos consultórios dermatológicos. O normal é perder entre 50 e 100 fios por dia (parece bastante, mas não é... temos 150 mil na cabeça e cada um permanece ali por 6 anos, em média). A questão é que quando você começa a notar muitos fios a mais soltos na hora de desembaraçar, depois do banho ou espalhados pelo chão da casa... Dá um desespero! Bem, calma lá! Um período de muito estresse – perder o emprego, terminar com o namorado, passar por uma cirurgia ou problema de saúde – pode complicar a situação porque faz os fios irem da fase de crescimento prematuramente, passem para a de repouso e, em seguida, caiam (até 10 vezes mais que o normal).

 

“O estresse e o hormônio ACTH, que acelera o metabolismo, nos deixam prontas para tomar decisões rápidas, afastam o cansaço e permitem que a gente passe horas sem dormir, causam uma pequena inflamação no folículo, fazendo o fio se desprender”, explica a dermatologista Ligia Kogos, de São Paulo. Em tempo: nesse caso, isso não acontece imediatamente. Os fios permanecem na cabeça por até três meses antes de finalmente irem para o ralo. É o estilo de vida afetando seu look. Por isso, se quer uma cabeleira linda, saudável, exuberante, invista no combo dormir bem + se alimentar bem + praticar atividade física regular. Não serão apenas seus fios que irão agradecer.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 329

Assine já a CORPO e garanta 6 meses grátis de outro título