Cadastre seu e-mail e receba todas as novidades da Corpo a Corpo



*Por Eduardo Magalhães

Antibióticos perdem o efeito se os horários não forem seguidos à risca?

Pode acontecer. É importante tomá-los conforme a prescrição médica, pois alguns antibióticos podem ter sua absorção prejudicada se ingerido junto às refeições. Outros devem ser consumidos justamente depois de comer, para não agredirem a mucosa gástrica.

Existem ainda os que têm uma meia-vida curta e que devem ser tomados algumas vezes ao dia para gerar uma resposta eficiente em vez de acabar “fortalecendo” as bactérias do organismo.

Toda vez que um antibiótico é mal administrado, seja por falta de necessidade (automedicação, por exemplo) ou posologia errada, pode ocorrer resistência bacteriana, uma situação extremamente perigosa para a saúde.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat



Posso cortar o glúten da dieta mesmo que eu não seja intolerante a ele?

Ele nada mais é que uma proteína presente em cereais, como o trigo, o centeio e a cevada, e dá para cortá-lo do cardápio, sim, afinal o glúten desencadeia uma reação do sistema imunológico que aciona células de defesa para atacar diversos pontos do nosso organismo, comprometendo uma série de processos e regiões, como a digestão, o funcionamento intestinal , o metabolismo, a tireoide, as articulações e a saúde da pele.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



Quais alimentos devem ser evitados por quem tem acne?

Ela é uma doença multifatorial. Pode ter relação com metais tóxicos, distúrbios hormonais, deficiência de algumas vitaminas e minerais, como o zinco, o cromo, as vitaminas A, E, B3 e o ácido fólico, mas sua base está em um distúrbio inflamatório. 

Os alimentos que mais causam inflamações são: leite e derivados, glúten, soja, os ricos em gorduras trans (bolachas, biscoitos, sorvetes, margarina, óleo de canola etc.), açúcar e sal refinados, embutidos e os ricos em ômega-6 (peito de peru, frango de granja, fast-food e peixes de cativeiro, como tilápia e salmão).

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre beleza e saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



É possível baixar a pressão arterial de maneira natural?

Sem dúvida alguma, sendo até mais importante que o uso de medicamentos. Dá para controlar a pressão adotando melhores hábitos de vida, que incluem exercícios físicos adequados, alimentação saudável (sem alimentos inflamatórios, como os mencionados na resposta à pergunta 3), manutenção do peso, além da correção de deficiências nutricionais que causam o aumento da pressão. 

O ideal é que esse processo seja determinado com orientação médica. Tanto a vitamina D como o magnésio têm um efeito importante na regulação da pressão e devem ser devidamente suplementados. 

Um estudo mostrou que tomar um copo e meio de suco de romã ao dia ajuda a baixar a pressão sistólica em torno de 5%. Alimentos como alho, espinafre, pepino, chuchu, chá-verde, óleo de coco, geleia real e suco de beterraba (500 ml de suco ao dia) também ajudam bastante. E, claro, aprender a administrar melhor o estresse e as emoções negativas, como a raiva, por exemplo.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

 Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

Malhar no frio queima mais calorias?

Não. O nosso corpo perde a capacidade de gastar a mesma quantidade de calorias com o decorrer do tempo de treino. Sendo assim, logo que o nosso corpo regula a temperatura, ele adapta o gasto calórico. Pode até ser que a pessoa gaste mais energia no começo para esquentar o corpo para o esforço, mas isso é compensado depois.

É preciso lembrar, sempre, que gasto calórico não quer dizer emagrecimento. Então, utilizar a temperatura do ambiente com esse pretexto não adianta.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat



O corpo absorve mais calorias em alguma refeição específica do dia?

Não. O que acontece é um equilíbrio entre o que é absorvido, o que é gasto e o que é armazenado ao longo do dia. O mais importante é tentar entender se o que você está consumindo está sendo gasto — com algum tipo de atividade física, por exemplo — ou somente armazenado, levando ao aumento de gordura corporal. Caso a resposta seja a segunda opção, não tem ponteiro de balança que aguente se manter firme.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

Alongar antes da musculação prejudica a hipertrofia?

Alguns estudos mostram que realizar uma sessão de alongamento pré-treino pode ser prejudicial à capacidade de gerar força e, consequentemente, atrapalhar nos resultados. Se for alongar antes ou depois do treino de musculação, execute movimentos leves, apenas para “soltar” a musculatura. Nada de focar na flexibilidade, pois, ao tentar chegar à sua amplitude máxima, o risco de lesões aumenta. Deixe o alongamento com esse propósito para outro dia.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat



Apostar no adoçante faz mal?

Faz. Aliás, ele pode engordar até mais do que o açúcar. O processo funciona assim: após a ingestão do adoçante, nosso cérebro se prepara metabolicamente da mesma forma que se prepararia se tivéssemos consumido um alimento rico em açúcar, sobrecarregando o corpo e nos estimulando a consumir ainda mais calorias.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais dicas de nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat



Existe alguma dieta radical que não faça tão mal à saúde?

Nenhuma dieta radical traz benefícios para o organismo. Cada indivíduo é diferente, então a dieta correta para o bom funcionamento do organismo pode variar de pessoa para pessoa.  Mas, ao seguir uma alimentação balanceada e variada, que cubra todos os grupos alimentares e seja baixa em ingredientes não desejáveis, como gorduras saturadas e açúcar, você estará no caminho certo para um corpo saudável.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais dicas de nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

Por Ana Paula Ferreira | Fotos Divulgação

O universo feminino não para de inovar e receber novidades! Por isso, todo mês, a CORPO vai te mostrar os produtos que já chegaram ou devem chegar em breve às prateleiras. Confira abaixo os lançamentos do mês de AGOSTO!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado



A crioterapia acelera a recuperação depois do treino de crossfit?

A aplicação do gelo pode sim ser utilizada após a aula com o objetivo de acelerar a recuperação, mas essa técnica não é comum nessa modalidade. Normalmente, ela é usada por jogadores de futebol que precisam estar com os músculos prontos para um novo treino no mesmo dia ou para um jogo. Minha dica é deixar essa técnica apenas para profissionais.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



O amálgama de mercúrio é nocivo?

Infelizmente sim. É assustador o número de pessoas que ainda carregam esse metal tóxico na boca, o que provavelmente se deve ao fato de os estudos de alerta, que apontam seus malefícios, serem relativamente recentes. Mas não são poucos, e muito menos desprezáveis.

O mercúrio tem afinidade com o sistema nervoso, tendo relação com o aumento dos casos de TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), autismo e dislexia, além de favorecer disfunções na tireoide, fadiga crônica e problemas de arritmia. Uma das principais fontes de contaminação são as amálgamas, e cada vez que se escovam os dentes ou ao se expor a ambientes com rede wi-fi esse “veneno” é liberado no organismo.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat



Dá para comer chocolate ao leite sem ganhar peso?

Dá, sim, porém é preciso levar algumas questões em consideração.  A primeira delas é suacomposição.  Por conter açúcares, gorduras trans e leite, esse tipo de chocolate aumenta a ansiedade e, consequentemente, a vontade de consumir mais doces

Outro ponto importante para se pensar é sua quantidade de cacau, que é baixíssima. Assim, ele acaba não trazendo nenhum benefício à saúde, diferentemente do meio amargo ou amargo. Por isso, consuma com moderação. E se tiver a oportunidade, escolha os que têm uma concentração de cacau acima de 50%.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer conferir mais dicas de nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



Meu colesterol veio acima do limite de referência. Devo me preocupar?

De maneira geral, não. Apesar de crescermos ouvindo que o colesterol aumenta o risco de doenças cardiovasculares, hoje essa é uma afirmação ultrapassada. O colesterol não é um vilão, mas sim um ingrediente essencial à vida. Nossas células, nossa imunidade e nossos hormônios, inclusive a vitamina D, dependem dessa substância.  

Claro que não queremos nada em excesso no nosso corpo, e valores muito acima dos adequados podem representar um distúrbio familiar (a hipercolesterolemia, alteração em que membros da mesma família apresentam níveis elevados de colesterol desde o nascimento) e merecem os devidos cuidados. Mas a ideia de que o colesterol acima dos valores de referência é algo preocupante precisa, sim, ser revista. 

Sem dúvida pode ser prejudicial, mas vai depender do estilo de vida de cada um: se a pessoa é fumante, se é sedentária, se possui uma alimentação rica em gorduras trans e industrializados, se sofre de alguma doença de base, como diabetes etc.  Caso contrário, a pessoa pode conviver com valores elevados sem problemas. Preocupante é ter níveis muitos baixos.  Em todo caso, é importante consultar um médico para avaliação do caso.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado 



Depois de emagrecer, há algum exercício que dê jeito na sobra de pele da barriga?

Quando se perde muito peso, a cútis pode não acompanhar o processo e se tornar flácida, ganhando aspecto de sobra e dando até uma falsa impressão de gordura abdominal. Infelizmente, não existe nenhum exercício que trabalhe exatamente isso. 

O ideal é que a pessoa continue treinando e se alimentando bem, pois a aparência da barriga pode melhorar quando a flacidez não for tão acentuada. Mas caso a perda de peso tenha sido grande e o aspecto a incomode de verdade, a mulher pode optar por uma intervenção cirúrgica, como a abdominoplastia.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado



Como saber se eu estou exagerando no treino?

O nosso corpo costuma dar vários sinais quando passamos do limite. Eles são muito individuais, mas, normalmente, as primeiras regiões a “reclamar” são as articulações dos joelhos, dos ombros, dos cotovelos e do quadril. Se elas doem é porque em algum momento você estressou os seus músculos, o que gera uma sobrecarga e, posteriormente, uma inflamação. Outros sintomas são: aumento do apetite, dor de cabeça, insônia, alergias, doenças autoimunes, mau humor e dores em geral. 

Procure escutar o seu corpo e tenha um bom profissional para periodizar a sua rotina de treinamento, lembrando que o descanso também é essencial!

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde e treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães 

O que devo comer à noite para não ter insônia?

Alimentos ricos em melatonina, como cereja e nozes, e os ricos em triptofano (aminoácido precursor da serotonina), como abacate, banana, kiwi (uma hora antes de dormir), quinoa e tomate, são fortes aliados para uma boa noite de sono. 

Uma banana amassada levemente com o garfo (só para desfazer a forma de fruta) com uma colher de chá de cominho em pó é um dos melhores remédios caseiros para insônia, além, claro, dos chás de camomila, erva-cidreira e folha de maracujá. Já o alho, carne vermelha, embutidos, crustáceos e frituras podem fazer você perder a conta dos carneirinhos.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

O que é e como evitar o catabolismo?

Ele é um processo bioquímico de degradação. Traduzindo para uma linguagem de treinamento: toda vez que o seu corpo faz uma quebra, seja de músculo ou de gordura, é catabolismo. Nós jamais queremos o catabolismo muscular, pois isso resultaria em menos massa magra. Sendo assim, o treinamento nunca deve ser demasiado, e a alimentação precisa sempre ser bem balanceada.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer conferir mais sobre fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



Amamentar protege contra o câncer?

Ao que tudo indica, sim. Diversos estudos apontam uma proteção contra o câncer de útero, ovário e mais especificamente o de mama, principalmente após cinco ou seis meses de amamentação. Os mecanismos por trás desse efeito ainda não são claros, mas acredita-se que tenha relação com o período anovulatório (fase em que a mulher não ovula), durante o aleitamento, diminuindo, assim, a exposição aos hormônios estrogênios que têm relação direta com o câncer de mama, por exemplo. Fora que existe uma tendência, durante esse período, de a mulher se alimentar melhor, com mais verduras e legumes, alimentos ricos em minerais e antioxidantes, nutrientes superimportantes na prevenção dessa doença.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat


O que comer para fortalecer as unhas e o cabelo?

Você pode apostar em alimentos ricos em ácido elágico, vitamina A e vitamina C, por exemplo. Essas substâncias são encontradas em frutas vermelhas, romã, açaí, cenoura, abóbora, mamão, goiaba e vegetais verde-escuros.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer saber mais sobre os benefícios dos alimentos? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães



Quais os riscos de se consumir adoçante diariamente?

Existem tipos e tipos, e neste caso é importante separar o joio do trigo. Adoçantes artificiais como aspartame, sucralose, sacarina, etc., segundo estudos científicos, têm relação com Alzheimer, depressão, disbiose, compulsão por doces, obesidade, câncer e, por isso, deveriam ser evitados. Já os naturais, como xilitol e estévia, ou mesmo o açúcar mascavo, açúcar de coco e mel orgânicos não têm essa relação e poderiam fazer parte de nossa alimentação. 

Porém, bom mesmo seria evitar todo tipo de adoçante,  para que o organismo voltasse a se acostumar com o sabor doce natural dos alimentos e, assim, pudéssemos manter uma alimentação mais adequada aos nossos genes. Em um primeiro momento de suspensão,  pode parecer difícil, mas após 40 dias é possível perceber que a vontade por doces já não será a mesma, e manter o peso e a saúde se torna uma tarefa mais fácil.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna. 

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre saúde e alimentação? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado



O treinamento funcional é mais indicado do que a musculação para quem corre?

Sim e não. Quando você faz musculação visando ao fortalecimento e a prevenção de lesões para outra modalidade, ela passa a ser específica para aquilo. O treino funcional pode ser de grande importância também por envolver trabalhos de instabilidade e equilíbrio, porém, os dois devem se completar e entrar em fases distintas. 

Se a ideia é prevenção, a musculação pode ser uma grande aliada. Se o objetivo for melhorar a capacidade funcional de movimentos próprios da corrida, então, o funcional é o mais indicado.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer saber mais sobre treino? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patrícia Davidson Haiat



Qual óleo de cozinha é o menos prejudicial?

Azeite e óleo de coco estão entre as melhores opções para se usar na hora de cozinhar. Infelizmente, os óleos que conhecemos, como soja, canola, girassol e milho, são modificados industrialmente (os famosos transgênicos) e armazenados em embalagens plásticas, fazendo que substâncias presentes no material migrem e os contaminem.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer saber mais sobre alimentação saudável? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Patricia Davidson Haiat

Por causa das refeições off, muitas pessoas costumam

ganhar de 0,5 kg a 2 kg / Foto Shutterstock

Durante a dieta, o certo é ter um dia livre para comer o que quiser ou apenas uma refeição livre?

O ideal é manter o comprometimento e não escolher nenhuma refeição nem dia de lixo, pois nos condicionamos a ter um dia em que podemos chutar o balde. Isso é prejudicial para o organismo, que está em um processo de mudança e precisa se adaptar à nova rotina. Além disso, nesses dias ou refeições de lixo muitas pessoas costumam ganhar de 0,5 kg a 2 kg, não sendo vantajoso para quem foca na perda de peso.

*Patricia Davidson Haiat é nutricionista funcional e coautora de livros como Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. Tem entre suas principais clientes Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Giovana Antonelli, Sabrina Sato, Mariana Rios e Sheron Menezzes.

Mande suas dúvidas para perguntenutri@escala.com.br!

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Chico Salgado

O boxe é uma atividade de alto gasto calórico

Foto Shutterstock

É verdade que o boxe ajuda a afinar a cintura?

A luta trabalha muito a musculatura que envolve o CORE – o abdome, os oblíquos, os intercostais, a lombar e os glúteos, além de ser uma atividade de alto gasto calórico, o que favorece a perda de peso

O resultado é um corpo com menos gordura e um CORE mais fortalecido, o que, consequentemente, reflete em uma silhueta mais desenhada. No caso das mulheres, a cintura acaba ficando mais marcada, sim.

*Chico Salgado é Personal Fighter e líder de uma das equipes mais disputadas do Brasil, a Chico Salgado Team. Treina famosas como Sabrina Sato, Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Bruna Marquezine e Giovanna Ewbank.

Mande suas dúvidas para pergunteaopersonal@escala.com.br!

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>

*Por Eduardo Magalhães

Opte sempre por iogurtes fermentados artesanalmente

Foto Shutterstock

Iogurtes podem alimentar bactérias ruins do intestino?

Sem dúvida. Ele é um alimento ancestral e com benefícios inquestionáveis à saúde, o problema está nos industrializados. 

Além dos malefícios do leite de origem industrial, que aumenta inflamação e processos alérgicos por meio de um quadro conhecido por disbiose (desequilíbrio entre os micro-organismos que compõem a flora intestinal), esses iogurtes contêm substâncias tóxicas — como corantes, conservantes, derivados de petróleo nas embalagens de plásticos, açúcar refinado ou adoçantes artificiais — que interferem no equilíbrio entre as bactérias que vivem naturalmente no intestino, impedindo que haja um desenvolvimento das boas e favorecendo a proliferação das patogênicas. Para alcançar maior prazo de validade, eles ainda passam pelo processo de pausterização, o que acaba matando os lactobacilos “do bem”. 

O ideal é que os iogurtes possuam “culturas vivas e ativas”, como no caso dos fermentados artesanalmente, que utilizam fontes vegetais como coco, amêndoas, castanhas ou nozes.

*Eduardo Magalhães é nutrólogo e especialista em Medicina Preventiva e Integrativa. Todo mês, ele responde perguntas das leitoras em sua coluna.

Mande suas dúvidas para perguntedrsaude@escala.com.br !

Quer saber mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

Continue Lendo >>