Quer evitar edemas, fibroses e inchaços após a cirurgia plástica? Então, saiba como os tratamentos estéticos podem otimizar os resultados dos procedimentos cirúrgicos

Por Kelly Miyazato

Tratamentos estéticos após cirurgia plástica
Foto: Divulgação

Uma cirurgia significa muito mais que algumas horas vividas aos cuidados de um cirurgião. O processo começa bem antes de entrar na sala cirúrgica e continua por meses, ou até mesmo anos depois de sair dela. Afinal, são necessários diversos cuidados, mudanças de hábitos e um pós-operatório eficaz para que os resultados obtidos sejam positivos e duradouros. No caso de lipoaspirações e próteses de silicone, por exemplo, a preocupação após a realização dos procedimentos é tão importante que pode definir o sucesso ou fracasso da operação.

No entanto, não é difícil manter-se na linha e seguir esses conselhos. “Existem diversos tratamentos que podem ser associados ao pós-operatório para evitar edemas, fibroses, inchaços e ainda otimizar os resultados”, conta Maria Kotzias – dermatologista e responsável pela clínica MK Derma.

Segundo Maria, entre esses tratamentos está a drenagem linfática e várias outras opções terapêuticas e estéticas que são indicadas em casos específicos para acelerar a recuperação. “Lembrando que o período de pós-operatório inicia no final da sutura cirúrgica e segue até a pausa das alterações orgânicas decorrentes da cirurgia, o que pode levar dias, semanas ou meses. O importante é que a operada busque clínicas e profissionais de referência. Caso contrário o que pode ser para ajudar, pode representa um risco”, alerta.

“É importante conversar com o médico a respeito dos tratamentos aconselháveis antes mesmo de realizar a cirurgia plástica, a fim de traçar um plano, com sessões pré-definidas”, conclui.

 

*Agradecimentos à Maria Kotzias – dermatologista e responsável pela clínica MK Derma.