O tônico facial é usado geralmente depois da limpeza com sabonete e antes da hidratação. Confira se este passo é indispensável ou não na rotina de cuidados da pele!

Por Carol Salles | Foto Shutterstock | Adaptação web Ana Paula Ferreira



Indicado geralmente depois da limpeza com sabonete e antes da hidratação da pele, o tônico facial não é indispensável. Sua função varia de acordo com a composição: ele pode servir para controlar a oleosidade ou acalmar a pele, por exemplo. 

“Trata-se de um cuidado a mais, algo que pode trazer um benefício adicional à prescrição médica. Nas cútis sensíveis e muito ressecadas, que podem ter suas condições agravadas pelo tônico, a água micelar é uma boa alternativa”, explica Roberta Bibas, dermatologista, do Rio de Janeiro (RJ).

Quer conferir mais sobre cuidados com a pele do rosto? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!