Nós sabemos que o protetor solar é indispensável no dia a dia, especialmente na temporada do verão. Por isso, listamos 4 dúvidas comuns sobre o uso do filtro. Confira!

Por Thais Szegö | Adaptação Ana Paula Ferreira

Aproveite o verão sem medo de se expor a queimaduras, acelerar o envelhecimento

ou aumentar o perigo de câncer de pele! / Foto Shutterstock 

Está aberta a temporada de cuidados com a beleza para poder curtir o sol sem medo de se expor a queimaduras, acelerar o envelhecimento ou aumentar o perigo de câncer de pele. Por isso, listamos as 4 dúvidas mais comuns sobre o uso do protetor solar. Confira e se proteja!

1. Aplico o protetor antes ou depois da maquiagem?

A ordem correta é: hidratante ou creme anti-idade, protetor solar e, por último, maquiagem.

2. Produtos manipulados são tão bons quanto os industrializados?

Eles protegem da mesma maneira, mas têm a desvantagem de serem menos estáveis e, portanto, durarem menos. Também é fundamental que sejam manipulados em uma farmácia de confiança, com matéria-prima idem. Em compensação, têm a favor o fato de poderem ser formulados com ativos clareadores, hidratantes, firmadores e antioxidantes, por exemplo. Assim, você obtém um produto que, além de proteger, trata a pele.

3. Posso usar o protetor de corpo no rosto?

Só se você não tiver mesmo um próprio para o rosto. Como as fórmulas corporais costumam ser mais espessas e oleosas, podem provocar espinhas e deixar a pele pegajosa. Cuidado com os filtros em spray no rosto, geralmente mais alcoólicos.

4. Usar BB cream ou hidratante com FPS dispensa o filtro solar?

Não. Maquiagens com cor são usadas em quantidade menor do que filtros solares, o que reduz a proteção. No caso dos hidratantes, eles penetram na pele em vez de ficarem na superfície, como acontece com o protetor. Ou seja, não dá para contar com a barreira contra a radiação.

Quer saber mais sobre cuidados com a pele? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!