Ser capaz de identificar que tipo de fome você costuma sentir facilita fazer escolhas conscientes para suprir as necessidades do organismo. Confira!

Por Rita Santander | Adaptação Ana Paula Ferreira

Existem 8 tipos de fome. Saiba quais as características de cada uma delas

Foto Shutterstock

A experiência da fome pode ser dividida em oito dimensões, que estão ligadas aos nossos sentidos. Ser capaz de identificá-las olhando as reações do corpo diante da comida facilita fazer escolhas conscientes para suprir as necessidades do organismo, e não compensar estados emocionais negativos, como tristeza ou ansiedade. Conheça melhor cada uma delas e observe em si mesma:

1: Visual – É a aparência do alimento, que desperta essa fome e o desejo de comer.

2: Olfativa – Essa vem do aroma dos alimentos e gera a vontade de comê-los.

3: Da boca – O desejo de sentir bons sabores.

4: Dos ouvidos – Está associada aos sons que vêm da alimentação, como a crocância do que está sendo mastigado e conversas sobre comida.

5: Do estômago – O órgão mostra quando está com fome e também satisfeito.  Com essa percepção, é fácil entender quando você está saciada e evitar comer mais do que o necessário.

6: Celular – A mais sutil de todas. Há dias em que “precisamos” comer algo doce ou algo salgado.  É a inteligência das células do corpo pedindo aquilo que ele necessita.

7: Da mente – Associada à educação e a informações que recebemos sobre o que devemos ou não comer.

8: Do coração – Associada às emoções, à necessidade das “comidas confortáveis”.  Quando está chateada,  por exemplo, é provável que você tenha a tendência de desejar alimentos que resgatem memórias afetivas.

Quer conferir mais sobre nutrição? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!