Usar aquele xampu incrível que sua amiga te indicou? Ignorar o prazo de validade do make? Nem pensar! Fique atenta aos hábitos inadequados que prejudicam sua beleza e saúde

Reportagem: Monique Zagari Garcia

deslizes-que-prejudicam-beleza-saude

É fundamental que o xampu seja escolhido de acordo com

o seu tipo de cabelo
Foto: Danilo Borges 

De que adianta investir na vaidade com cosméticos e tratamentos estéticos se alguns cuidados básicos não são adotados com o corpo? “Hábitos inadequados podem colocar tudo a perder e, pior, comprometer sua beleza e saúde”, acredita a dermatologista Vanessa Penteado, médica da Clínica Pantheon (SP). Para esclarecer suas dúvidas, Vanessa e o também dermatologista Anderson Bertolini, diretor médico da Clínica Bertolini (SP) fizeram uma listinha dos principais erros que podem (e devem!) ser corrigidos por quem deseja estar em paz com a beleza:

Usar xampu errado

Os xampus visam o tratamento do couro cabeludo e dos cabelos; logo, o uso de tipos inadequados a cada caso pode afetar a saúde de ambos. “Por exemplo, se uma pessoa que sofre com seborreia e couro cabeludo oleoso utilizar um xampu hidratante, o problema se torna mais intenso, os fios pesados, opacos e sem brilho. O contrário também acontece: se alguém com couro cabeludo ressecado usar um xampu para cabelos oleosos, eles ficarão quebradiços, sem coloração e com pontas duplas”, exemplifica Bertolini. “Nada de modismos ou usar aquele produto indicado pela amiga. Aposte em um xampu que realmente seja indicado para os seus fios e, na dúvida sobre qual escolher, converse com um especialista”, completa Vanessa.

Usar maquiagem vencida

De acordo com Vanessa, o vencimento da maquiagem indica o limite de prazo da estabilidade da fórmula antes de estragar. Portanto, nada de comprar o make, colocá-lo na nécessaire e usá-lo continuamente sem ficar de olho nessa data. “O produto vencido, além de poder ter sua cor alterada, pode precipitar sensibilizações na pele e alergias, tornando-a intolerante ao produto”, alerta o dermatologista Bertolini. “É melhor abrir mão de um batom ou sombra “queridinho” do que ter consequências desagradáveis à saúde da pele”, destaca Vanessa.

Usar roupas apertadas

A dermatologista Vanessa explica o uso de peças de roupa apertadas podem prejudicar o contorno corporal, pois a gordura tende a se estocar acima ou abaixo da zona de compressão das peças. “As calças jeans justas, por exemplo, favorecem o aparecimento de celulites, pois comprometem a drenagem linfática e circulação do local; além de contribuir para o aparecimento de fungos na região, já que a região fica muito abafada”, explica Bertolini. Para Vanessa, a regra também vale para lingeries justas demais, que marcam o corpo e pioram a celulite. “Na hora de escolher o que vestir, use o bom senso. Dá para usar uma calça mais justa em dias alternados, evitando assim comprometer a beleza e a saúde”, aconselha a médica.

Preguiça de enxugar-se

Enquanto nos dias frios as pessoas têm pressa para se secar e vestir-se rapidamente, no calor gostam de manter o corpo úmido para ter uma sensação de frescor. No entanto, algumas regiões como os pés e a virilha devem ficar bem secas. “O ambiente corporal úmido favorece o aparecimento de micoses, principalmente em áreas de dobras como virilha e área submamária. O fungo gosta de locais quentes e úmidos, logo, a preguiça de secar-se corretamente associado calor, suor e dias quentes favorecerá a contaminação por fungos em toda a superfície corporal”, avisa Bertolini. Além de passar a toalha em todos os locais, uma dica é contar com a ajuda do secador de cabelos, principalmente entre os dedos dos pés. "Só não aproxime muito o aparelho do corpo para evitar queimaduras", lembra Vanessa.