Institutos de beleza formam profissionais para as áreas de cabelos, maquiagem, unhas e depilação e, de quebra, oferecem os serviços a preços acessíveis para a comunidade. Confira

Reportagem: Rita Albuquerque

institutos

Institutos de beleza capacitam e atualizam profissionais
Foto: Danilo Borges

Mais cuidados com o corpo

"Institutos de beleza levam autoestima e novas perspectivas às pessoas. Mais do que isso: transformam vidas", afirma Eduardo Tegeler, gerente de operações do Instituto Embelleze. Se você ainda não conhece, institutos de beleza preparam profissionais do ramo da beleza para atuar no mercado de trabalho e, de quebra, oferecem ao público tratamentos nos cabelos, depilação e manicure a preços acessíveis. Mas não confunda: as aulas ensinam técnicas profissionais, mas não como lidar com os produtos de determinadas marcas.

No Instituto L’Oréal, as interessadas pelo serviço devem agendar um horário e levar 1 kg de alimento para doação. Antes do atendimento, é imprescindível que a voluntária e os responsáveis pelo tratamento assinem um termo de responsabilidade, atestando que estão cientes que os alunos farão o procedimento, apesar de supervisionados por um orientador habilitado.

Sucesso absoluto no Brasil, os cursos de especialização formam profissionais da beleza através de aulas teóricas com carga horária aproximada de 288 horas, seguido de um estágio prático nos chamados Salão Estágio, onde são oferecidos os serviços à comunidade, explica Richard Klevenhusen, diretor do Instituto L’Oréal. Na última etapa, o aluno deve cumprir 144 horas de estágio supervisionado para então se formar, estando habilitado a ingressar no mercado de trabalho da área.

E nem só os aprendizes têm vez! Há módulos de profissionalização, especialização e de atualização nas áreas de corte de cabelos, penteados, coloração, maquiagem, depilação, manicure e pedicure, e design de sobrancelhas. Os preços dos cursos são acessíveis, uma vez que o objetivo dos institutos é formar profissionais qualificados para uma área dinâmica, mas ainda carente de equipes habilitadas, explica Eduardo. "A maioria dos alunos começa a obter renda já nos primeiros meses de curso, seja como autônomo e proprietário de franquias, ou como funcionário de um salão", afirma.

Para o Instituto L’Oréal, a meta é que, em dez anos, 45 mil profissionais se formem por ano em todo o país. Com a alta demanda, quem ganha é a mulherada: além dos preços incríveis, alguns institutos investem ainda em um dia de beleza especial, em que todos os serviços são oferecidos gratuitamente à comunidade. Isso mesmo, t-o-d-o-s! Que tal visitar os institutos e, quem sabe, encontrar o Crô para te produzir?

Para mais informações:

Instituto Embelleze - para informações sobre os cursos e salões, acesse o site: http://www.institutoembelleze.com/.

Instituto L’Oréal - os interessados pelos cursos devem se inscrever através do site, passar por uma triagem e, quando aprovados, optar por módulos intensivos ou regulares. O valor e as formas de pagamento variam. Site: http://www.institutolp.com.br/.