Tirar as cutículas é um passo muito comum nas idas à pericure – especialmente durante o verão. Contudo, esse ritual não é muito indicado quando o assunto é saúde dos pés. Entenda

Por Mayara Neves | Foto Getty Images | Adaptação web Ana Paula Ferreira

Tirar a cutícula é um dos rituais clássicos na hora de fazer as unhas, principalmente no calor, em que as idas à pedicure só aumentam. Mas, apesar do efeito estético, tirá-las não é lá uma boa ideia, principalmente nas estações mais quentes. “A cutícula tem a função de proteger a matriz, que é o local onde nasce a unha, contra organismos que podem causar doenças e fatores irritantes”, explica Emerson Padovese, dermatologista e professor do curso de Medicina da Faculdade São Leopoldo Mandic, de Campinas (SP).

Toda atividade que deixe os pés à mostra, como caminhar descalço, andar na areia, pisar na grama, usar sapatos baixos etc., e que tenha contato com umidade pode aumentar a incidência de infecções pelas unhas, já que elas estão sem sua proteção natural.  A melhor saída é cuidar muito bem das cutículas das unhas dos pés, hidratá-las sempre e fazer as pazes com elas.

Quer saber mais sobre cuidados com a saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui