Entre os benefícios do ácido retinoico está o tratamento de acne, rugas e envelhecimento causado pelo sol. Aprenda aqui a usá-lo para uma pele linda!

Texto Karina Hollo | Adaptação Ana Araujo

Ácido retinoico contra acne, rugas e danos do sol

Ácido retinoico atua contra acne, rugas e danos do sol

Foto: Shutterstock

O ácido retinoico é top no tratamento da acne com cravos e da pele envelhecida pelo tempo ou por sol. “Trata-se de uma vitamina A ácida que tem a finalidade de melhorar o turn over celular, fazendo que as células cheguem mais jovens, mais oxigenadas e mais bem nutridas à superfície”, explica a dermatologista Claudia Marçal, de Campinas. Ele ainda estimula a produção de colágeno e pode ser utilizado em conjunto com outros ácidos como o ácido hialurônico.

O ideal é usá-lo à noite, de preferência em alternância com um bom nutritivo. Pode ser combinado com peelings físicos, como o de cristal e o de diamante, e até mesmo com outros procedimentos como a terapia com luz intensa pulsada, que multiplica seu efeito despigmentante. “Quando empregado em concentrações altas e por muito tempo, pode gerar sensibilidades crônicas na pele, rosácea e vasinhos”, alerta o dermatologista Jardis Volpe, de São Paulo.

Em tempo: retinol e ácido retinoico são duas moléculas diferentes. Retinol é o nome químico para a vitamina A. Ácido retinoico é o ácido proveniente do retinol. O retinol se converte em ácido retinoico já na epiderme e é menos irritante, mais indicado para peles sensíveis ao ácido.

Experimente: RoC Pro Sublime Antirrugas R$ 149. Combina retinol e ácido hialurônico para reverter rugas profundas. Os ingredientes estimulam a produção de colágeno e elastina, enquanto restabelecem a hidratação.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 327

Assine já a CORPO e garanta 6 meses grátis de outro título