A drenagem linfática facial ajuda a eliminar toxinas do rosto, tonificando a pele e retardando o envelhecimento. Veja como fazer em casa

Reportagem: Carmen Cagnoni

Drenagem linfática facial

A drenagem linfática facial ajuda a prevenir o envelhecimento
Foto: ShutterStock

Não é só o corpo que pode se beneficiar da drenagem linfática. “A drenagem linfática facial tem objetivos preventivos, estéticos e terapêuticos, pois estimula o sistema de defesa, a oxigenação dos tecidos e ajuda na eliminação de líquidos, tonificando a pele e retardando o envelhecimento dos tecidos”, conta Rosana Giancaterino, diretora do Lakshimi Spa & Beauty (SP).

É ela quem lista os passos da drenagem linfática facial.


Saboneteira

Com a ponta dos dedos, dê
três apertadinhas no centro da
base do pescoço, região chamada também de saboneteira. Essa
simples manobra desbloqueia
os gânglios linfáticos, por onde as toxinas são eliminadas.

Orelhas

Repita o movimento atrás do lóbulo das orelhas — são três toques lentos e delicados, para promover uma abertura dos gânglios linfáticos e potencializar o efeito da drenagem.


Queixo e pescoço

Partindo do meio do queixo, pressione a ponta dos dedos em direção às laterais e depois deslize pelo pescoço. Em seguida, repita o movimento do lábio superior ao pescoço.

Bochechas

Exercendo uma pressão confortável, use os dedos para fazer movimentos do centro em direção às laterais do rosto, na altura das orelhas.


Olhos

Capriche na área dos olhos, que sempre incha. Com o dedo indicador, vá do cantinho interno até o externo, sem apertar muito para não causar incômodo.

Testa

Com as mãos espalmadas, parta do centro em direção ao lóbulo das orelhas e, em seguida, deslize-as até a base do pescoço.

* Repita cada uma das manobras três vezes e relaxe