Conhece o ácido kójico? Ele evita que as células produzam melanina, impedindo a formação de manchas na pele. Veja seus benefícios e onde encontrá-lo

Texto Karina Hollo | Adaptação Ana Araujo

Ácido kójico clareia manchas na pele até durante a gestação

Ácido kójico clareia manchas na pele até durante a gestação

Foto: Christian Parente

“O ácido kójico tem função clareadora importante, evitando que as células fabriquem melanina. Não à toa, é usado nos tratamentos de manchas na pele e no melasma”, fala o dermatologista Jardis Volpe, de São Paulo. Permitido durante o verão e a gestação (sob supervisão médica, logicamente), pode ser associado a outros clareadores, como ácido fítico. “Em concentrações de até 4%, dificilmente causa irritação, aplicado em dias ou noites alternados, continuamente, por até 6 meses”, diz a dermatologista Claudia Marçal, de Campinas. Ele inibe a ação da tirosinase, diminui a formação de melanina e, assim, acaba com as manchas na pele.

O ácido kójico também reduz rugas. “Esse efeito ocorrerá após duas a quatro semanas de uso contínuo, podendo demorar um pouco mais em algumas pessoas que tenham a pele oleosa e/ou muito espessa”, explica a dermatologista.

Experimente: Clarify, Pharmapele R$ 105. Clareia manchas graças ao Alpha Arbutin (antioxidante e inibidor da enzima que gera o pigmento), ao ácido kójico (que age na síntese de melanina), salicílico e glicólico (ambos dissolvendo a camada córnea da pele).

Revista Corpo a Corpo | Ed. 327

Assine já a CORPO e garanta 6 meses grátis de outro título