O dermaroller é um aparelho que regenera a pele e tem múltipla ação: trata acne, rugas e flacidez. Veja como usar o dermaroller em casa

Reportagem: Helena Dias

Dermaroller

O dermaroller é um aparelho roliço, cheio de agulhas que lesionam a pele,
fazendo a cútis se regenerar
Foto: Divulgação

O dermaroller é quase um super-herói da beleza! O rolinho, com centenas de micro-agulhas que promovem a renovação celular, trata de acne, espinhas e flacidez... Ufa! "O dermaroller realiza micropunturas com a finalidade de produzir lesões. A pele então entra em processo de regeneração e cada ponto será preenchido com novo tecido fibroso. A ação também aumenta a produção de colágeno, substância que dá sustentação à pele", explica Paula Carbral, dermatologista especialista em medicina estética (RJ). 

E as funções do dermaroller não param por aí. Como ele induz à regeneração celular, é também indicado para rugas, linhas de expressão, estrias e cicatrizes. E ele não é exclusivo apenas das clínicas, podendo ser usado em casa. Segundo o dermatologista Jardis Volpe (SP), os dermarollers de microagulhas menores são para uso domiciliar, enquanto que os dermarollers com microagulhas mais longas são para uso em consultório. "O dermaroller de uso doméstico serve para aumentar a penetração dos cremes e ativos manipulados pelo dermatologista, bem como manter a melhora conquistada em um tratamento com lasers e outras tecnologias", finaliza Volpe.

O uso só é liberado após a orientação do dermatologista de como usá-lo. Depois do uso, a pele pode ficar ligeiramente irritada e talvez você precise de repouso por causa da aparência. Nas clínicas, pode ser associado a tratamentos que estimulam a produção de colágeno, como a radiofrequência, infravermelho e lasers fracionados, que servem para rejuvenescer a pele.