Os rituais para garantir a saúde e beleza da cútis mudam com o passar dos anos. Confira como cuidar da pele aos 20, 30 e 40 anos!

Por Carol Salles | Foto Shutterstock | Adaptação web Ana Paula Ferreira



Não importa qual idade você tenha, cuidar da pele sempre será um ritual importante para manter sua beleza em dia. Abaixo, listamos o que acontece com seu rosto e quais são os cuidados necessários para garantir saúde e beleza à pele aos 20, 30 e 40 anos

Aos 20

Nenhum problema à vista. Nessa fase, basta priorizar a hidratação para manter a elasticidade e o aspecto saudável, além de usar protetor solar diariamente. “Após os 25 anos é indicado o uso de tônicos, cosméticos antioxidantes e eventualmente a aplicação de alguns ácidos bem suaves”, explica Maria Bussade, dermatologista de São Paulo (SP). 

Fórmula esperta: as peles respondem bem a qualquer hidratante específico para a necessidade da cútis: seca, normal ou oleosa. Já os tônicos das acneicas devem conter ativos secativos, como sulfocetamida sódica, azebiol e zinco.

Aos 30

Nessa fase começam a surgir, ainda que discretos, os sinais do tempo – linhas entre as sobrancelhas, um leve pronunciamento do vinco entre as abas do nariz e o canto dos lábios. “A região dos olhos também dá os primeiros sinais de desgaste, assim como as manchas provenientes de sol, consumo de anticoncepcionais e fumo”, explica Bussade. 

Fórmula esperta: deve conter ativos como caviar, matrixyl, ácido retinoico e ácido glicólico. 

Aos 40

Flacidez, manchas e rugas se tornam mais expressivas, então a senha é turbinar o colágeno. Portanto, o creme anti-idade a partir de agora é obrigatório.

Fórmula esperta: não pode faltar caviar, matrixyl, ácido retinoico, ácido glicólico, DMAE e coffeskin.

Quer conferir mais sobre beleza? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!