Saiba como usar os ômegas 3 e 6 para combater a acne e deixar a pele linda

Texto Fabiana Gonçalves | Realização Tomaz Souza Pinto | Adaptação Rebecca Nogueira Cesar

Acne

Ômegas 3 e 6 ajudam a combater a acne

Foto: Danilo Borges

Ômegas 3 e 6 no combate à acne

Os estudos, ao que parece, têm mesmo comprovado que o surgimento da acne adulta tem muito a ver com os hábitos de vida.

E uma das palestras apresentadas durante o 71º Congresso Americano de Dermatologia mostrou a ligação do risco de acne com o consumo de leite. Sim, não estamos falando de derivados do leite, mas a bebida in natura. Em especial, por incrível que pareça, o consumo de leite desnatado. “Observou-se, segundo uma das linhas de pesquisa, que quanto menor o consumo de leite desnatado, menor também a chance de sofrer com acne na fase adulta”, revela Elisete Crocco, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e coordenadora do setor de Acne e Cosmiatria da Santa Casa (SP).

De acordo com as pesquisas, os alimentos com alto índice glicêmico (carboidratos feitos com farinha branca e açúcar refinado) também têm ligação com o aumento da acne. Foi provado que quem tem uma alimentação rica em alimentos de baixo índice glicêmico tem menos chances de desenvolver processos inflamatórios.

“É claro que não podemos considerar a alimentação como a única vilã da história, já que as alterações hormonais, a existência de bactérias que moram na pele, além da obesidade, também são influências fortes para o aparecimento de acne adulta”, considera a médica. Para Denise Steiner, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a acne nas mulheres pode, sim, estar associada a ovários policísticos e síndrome metabólica, com excesso de gordura no abdome e quadro vascular eminente. “A indicação é um tratamento imediato, com isotretinoína e pílula de estrogênio de baixa dosagem e progesterona antiandrogênica, ácido linoleico tópico (anti-inflamatório), além de manter os níveis equilibrados de vitamina D”, orienta.

Dá-lhe peixe e linhaça!

Neste caso, como combater o mal? “O consumo de alimentos ricos em ômegas 3 e 6, presente principalmente em peixes e na linhaça, protege a pele da acne”, garante a médica. Para isso, é necessário consumir de 1 a 3 gramas desses ácidos graxos por dia, seja na alimentação ou na suplementação.

Mas não podemos deixar de citar outras possíveis causas do problema: “A predisposição genética, ou mesmo as doenças relacionadas ao diabetes, como alguma disfunção na glicemia ou até a resistência à insulina, podem levar a desenvolver a acne na fase adulta”, lembra a dermatologista Thaís Pepe. “Nestes casos em particular, a ingestão de medicamentos voltados para o controle do diabetes, como a Metformina, ajuda a combater a acne”, admite. 

Revista Corpo a Corpo | Ed. 293