Ao consumir alimentos com baixo teor de lipídios, a perda de peso torna-se muito, mas muito mais fácil. O resultado é incrível: você enxuga seis quilos em 30 dias e ganha um abdome chapado

Reportagem: Simone Ota

Dieta abdome chapado

Com essa dieta, você perde a gordura abdominal
Foto: ShutterStock

Nessa época do ano, tudo o que queremos é expor o corpo (lindo) num biquini (micro), sem se preocupar com as gordurinhas localizadas do abdome. De acordo com o endocrinologista e professor João Régis Carneiro, do Espaço Stella Torreão e Santa Casa de Misericórdia (RJ), esse tipo de adiposidade no abdome é metabolicamente mais ativa. "Isso significa que ela se forma e se degrada com mais facilidade. Justamente por causa disso a gordura libera substâncias tóxicas na corrente sanguínea, que aumentam o risco de doenças do coração, por exemplo", explica o médico.

 

Operação visual tanquinho 

 Já que perder de uma vez por todas a protuberância abdominal certamente é tudo o que você quer, escalamos o endocrinologista Carneiro e a nutricionista Laura Margarida Breves (RJ) para ajudá-la nesta árdua tarefa. Eles elaboraram um cardápio com 1.000 calorias diárias que privilegia alimentos com menor teor de lipídios. "Montamos um menu balanceado em que há proteínas, encontradas nas carnes brancas e nos queijos; e ainda fibras e carboidratos, ambos presentes nas verduras e frutas, respectivamente", afirma o especialista.

Para que a dieta seja um sucesso e você não prejudique sua saúde, siga-a por apenas 30 dias - tempo suficiente para emagrecer até 6 kg e melhorar o contorno corporal. É que as porções das refeições têm valor energético baixo e, se forem consumidas por muitos meses, a longo prazo podem alterar o bom funcionamento do organismo. Então, para quê arriscar? Terminada a temporada recomendada, invista na reeducação alimentar e, assim, faça valer seus esforços.