Depois de duas gestações e alguns quilos a mais na balança, Simone resolveu adotar um estilo de vida saudável. Confira quais foram os passos dessa transformação radical

Por Diana Cortez | Fotos Arquivo Pessoal | Adaptação Ana Paula Ferreira



O excesso de peso nem sempre fez parte da vida da bancária Simone Flores Motta, de 35 anos. Foi apenas na adolescência que o problema apareceu. Com ele, veio o bullying dos colegas na escola e também da família: “Recebi o apelido de Papa-Tudo, um personagem da época”, lembra. A partir daí, fez de tudo para se manter magra. “Eu tinha aversão a ser gordinha e seguia muitas dietas da moda para me manter no peso ideal.” 

Quando casou, aos 19 anos, estava com 51 quilos. Como boa parte das mulheres, logo veio o desejo de ser mãe. Simone passou por duas gestações e acabou acumulando mais de 20 quilos. “Comia fritura, lanche,  refrigerante, bolo e pães praticamente todos os dias”, confidencia. Para piorar, não praticava nenhum exercício. Então, um comentário de seu marido sobre ela estar gordinha a fez perceber que precisava emagrecer. “Aquilo foi como um tapa na minha cara e decidi mudar, pois também não estava feliz.”

Foram várias tentativas frustradas com dietas da moda, remédios e shakes milagrosos, mas sem resultados duradouros. Simone, então, precisou fazer uma cirurgia de períneo e decidiu também realizar uma abdominoplastia: “Minha meta era retirar o excesso de pele abaixo da barriga e estrias adquiridas na gravidez. Fiz a cirurgia e decidi começar uma reeducação alimentar, pois não queria botar tudo a perder. Afinal, não adianta fazer plástica e não se adequar a um estilo de vida saudável”. 

Ela foi a um nutricionista funcional, que a ensinou a fazer substituições e boas escolhas alimentares. “Aprendi a comer de forma correta e a colocar no cardápio coisas simples e gostosas, como frutas, carboidratos complexos, vegetais, raízes e carnes magras. E fui tirando o refrigerante até cortá-lo de vez”, comemora. 

A bancária também começou a fazer aulas de pilates e exercícios aeróbicos. Depois de sete meses, se matriculou na academia.  “Desde então, aposto nessa dobradinha seis dias por semana”, conta. O resultado foram 30 quilos a menos em um ano, voltando para os originais 51 quilos! 

Atualmente, a gata está focada em ganhar massa magra. “Hoje estou com 57 quilos e consumo bastante proteína e carboidratos complexos, como batata-doce, aipim, inhame e aveia. Também uso alguns suplementos para ajudar na definição dos músculos”, revela.

Os segredos do sucesso de Simone

Treine com vontade

“Faça os exercícios com intensidade na musculação, para suar mesmo. O treino não precisa ser longo, mas não deve ter muita pausa para descanso também.”

Aposte em carbos do bem

“Adotei a batata-doce como meu carboidrato oficial. Além de nutritiva, sacia por mais tempo e dá energia para você pegar firme no treino.”

Libere uma refeição

“Uma vez por semana me dou o direito de beber vinho, além de alguma comida gostosa. Mas procuro manter a linha mais saudável.”

Quer conferir mais sobre inspiração fitness? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!