Em vez de bani-lo do cardápio, substitua-o por sua versão integral. Ela contém tantos nutrientes que é capaz de eliminar até 6 quilos! Saiba mais sobre os estudos que comprovam que o arroz integral emagrece, sim!

Texto Michelle Freire | Edição Caroline Randmer | Foto Escala Imagens | Adaptação web Ana Paula Ferreira


Sim, o arroz integral afina a barriga! E pra quem ainda duvida, saiba que não faltam pesquisas que comprovam esse fato. Inclusive, um estudo publicado na revista científica Nutrition Research revelou que pessoas que consumiram arroz integral durante seis semanas perderam mais peso e gordura em relação àquelas que optaram pela versão branca. Em outro estudo, pesquisadores notaram que homens e mulheres que ingeriram o alimento conseguiram reduzir a circunferência abdominal após doze semanas. Ou seja: todos deram adeus à barriga saliente comendo arroz.

Quer mais uma prova? “Um levantamento feito pelo governo dos EUA demonstrou que pessoas que consomem regularmente arroz integral têm menos tendência a engordar e 27% menos probabilidade de aumento na circunferência abdominal”, afirma Valéria Goulart, professora de nutrologia esportiva da Universidade Federal de São Paulo (SP). 

Se você ainda não experimentou, na próxima vez em que for ao supermercado, escolha o arroz de cor marrom-clara, aquele coberto por uma casca fina. Por conter fibras e um índice glicêmico menor que o branco, ele promove mais saciedade.

Menos sódio

“O teor de fibras contidas no arroz integral é muito importante para evitar a deposição de gordura intra-abdominal, fator que favorece as doenças cardiovasculares”, afirma Angela Peixoto Barbosa, nutricionista clínica, de João Pessoa (PB). 

E tem mais: “Esse tipo possui um teor de sódio menor que o arroz branco, minimizando a retenção hídrica, ou seja, diminuindo o inchaço”, conta Andrea Forlenza, nutricionista da Nutravie, de São Paulo (SP).

No almoço é melhor 

Nutrientes também não faltam nos grãos do arroz integral. “Ele possui vitaminas do complexo B, minerais e aminoácidos, entre eles a metionina, que é precursora da serotonina, responsável pela sensação de prazer”, diz Angela Peixoto Barbosa. 

Convencida de que vale a pena comer arroz integral? Então, procure ingeri-lo com moderação e, de preferência, no almoço. “Este é um bom horário, pois ainda estamos no meio do dia, precisando de carboidratos para o fornecimento de energia para termos disposição até a noite\", afirma a nutricionista Andrea Forlenza.

Não acabou por aqui, não! Se você quer conhecer mais benefícios do arroz integral e conferir 4 receitas deliciosas, basta garantir a edição 345 da Corpo a Corpo! Então corra para a banca ou adquira a sua CORPO aqui treino → https://goo.gl/Gqj97g