Descubra quais são os alimentos afrodisíacos que despertam o desejo sexual e confira um cardápio especial para conquistar o gato


Reportagem: Caroline Sarmento

alimentos-afordisiacos

Alimentos podem ser capazes de apimentar a relação
Foto: Danilo Borges

Os alimentos afrodisíacos são conhecidos por darem uma apimentada na relação. E o assunto é sério mesmo. Eles têm essa fama porque aumentam a vasodilatação e favorecem a irrigação em várias partes do corpo, inclusive naquelas onde há maior estímulo sexual. Entendeu, né?

Além desses efeitos, semelhantes ao de uma relação sexual, os alimentos afrodisíacos também conquistam pelo olfato e pelos hormônios, que ajudam ainda mais a estimular a libido.

Mas se tá faltando fogo na relação, não pense que ele acenderá só por causa dos alimentos afrodisíacos. Nada é milagre e Luciana Granja, médica ortomolecular (SP) reforça: “A mente é a principal responsável pelo desejo sexual. Quando se acredita que um alimento pode dar vigor sexual, funciona. Por isso, é necessário estar bem, se aceitar e querer curtir este momento”.

Além da mente, outros fatores podem atrapalhar a libido feminina: “Remédios para emagrecer tomados de forma descontrolada podem diminuir o apetite sexual. A bebida alcoólica - que todos acreditam ser estimulante – traz o efeito contrário, assim como remédios controlados para algumas doenças específicas, mas tudo varia de acordo com o organismo”, explica a especialista.

Por isso, os alimentos afrodisíacos são para dar um plus na relação a dois, não solucionar um problema. "Se a pessoa tiver também doenças relacionadas à sexualidade ou mesmo estresse, deve procurar ajuda", recomenda Luciana.

Quem estiver de dieta, fique tranquila. A especialista garante que os alimentos afrodisíacos não são calóricos, mas nem por isso se deve exagerar. Portanto, prepare a listinha afrodisíaca e anote quais são os alimentos que podem ajudar a apimentar a relação:

Gengibre

O gengibre é considerado um alimento afrodisíaco pela conquista olfativa. De acordo com Luciana, o alimento além de estimular os sentidos pelo aroma, também ativa o sistema circulatório e aumenta o desejo sexual.

Anis

 “O anis tem compostos estrogênicos (hormônios femininos) que são conhecidos por induzirem o apetite sexual”, explica a especialista.

Mamão

Assim como o anis, o mamão também contém estrogênio a dá uma mãozinha no apetite sexual.  Por isso, mamão todo dia! Seu gato e o intestino agradecem!

Pimenta

 “A ingestão de pimenta gera reações fisiológicas no corpo como, por exemplo, transpiração, aumento da frequência cardíaca e da circulação sanguínea. Reações semelhantes ao do ato sexual”, explica Luciana. De acordo com a especialista, a pimenta contém capsaicina, substância responsável por esses efeitos. “Além disso, pimenta em excesso provoca a irritação dos órgãos genitais e da região urinária, isso causa a sensação semelhante à excitação sexual”, completa a especialista. 

Alho

É claro que não é preciso comer uma cabeça de alho, afinal não há hálito que aguente. Opte por colocá-lo no tempero da comida, mais sutilmente. “O alho é considerado um alimento afrodisíacopor tradição chinesa”, afirma a médica ortomolecular. O tempero também está presente nas tradições egípcias e gregas. O alho consegue aumentar a libido da mulher, pois como a pimenta, age na circulação melhorando o fluxo sanguíneo, além de agir nas sensações corpóreas, por dar ao corpo a sensação de estar aquecido, como a excitação sexual

Mel

“O mel é rico em vitaminas do complexo B (necessárias para a produção de testosterona) e em boro (substância que ajuda o organismo a metabolizar e usar o estrogênio)”, afirma a médica ortomolecular. 

Chocolate 

“Estudos revelaram que o chocolate libera serotonina, substância química que causa bem-estar”, conta Luciana. A serotonina é a mesma substância liberada pelo cérebro quando acontece as sensações de felicidade ou paixão. “Ou seja, o chocolate causa a mesma euforia que sentimos quando estamos amando”, conclui Luciana.

Morango, baunilha e canela

Como o gengibre, esse combo de delícias também provoca os desejos sexuais pelos sentidos olfativos. “Talvez sejam considerados afrodisíacos pela tradição, já que morango com chantily é  uma combinação sexy e os aromas de baunilha e canela também! Eles estimulam os sentidos, aumentando o desejo sexual”, afirma Luciana.

Manjericão

Além de melhorar a circulação sanguínea, o manjericão também aguça os sentidos sexuais pelo aroma. Acredita-se que o aroma do manjericão estimula os instintos masculinos, os deixando mais agitados. O manjericão tem ação desintoxicante, reduz a febre e muco. Além de fazer um bem danado para a saúde, a erva melhora a circulação sanguínea.