Por mais que você se esforce, a pele continua apresentando aquele aspecto de casca de laranja? É só lançar mão dos ingredientes certos para deixar as pernas e o bumbum com uma aparência mais lisinha

Por Caroline Randmer | Foto Marcelo Resende | Adaptação Ana Paula Ferreira

Veja quais nutrientes são poderosos no combate à celulite

Foto Shutterstock

Você vai à academia no mínimo cinco vezes por semana, faz exercícios em casa e dá aquela corridinha ou anda de bike no parque todo fim de semana e, mesmo assim, a celulite teima em dar as caras?  Acredite, ela acomete até as mulheres mais ativas. “Isso porque a ala feminina tem maior predisposição para desenvolver o problema em relação aos homens, graças a suas alterações hormonais e à contagem de células de gordura que já é determinada no nascimento”, conta Flávia Novis, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), do Rio de Janeiro (RJ).

Tipos mais comuns

Outro elemento que contribui, e muito, para a celulite continuar lá, principalmente no bumbum, é o fato de as mulheres normalmente apresentarem mais tecido gorduroso que os homens, o que faz que elas acumulem mais gorduras sob a pele,  favorecendo o aparecimento das temidas e nada agradáveis depressões. “Aí, quando fatores secundários se juntam a essa receita, como uma alimentação desregrada, o uso constante do tabaco ou o consumo excessivo de álcool, o corpo passa a acumular toxinas que inflamam os tecidos adiposos, formando aglomerados que ficam visíveis a olho nu”, explica Angélica Pimenta, dermatologista, de São Paulo (SP). 

A especialista ainda esclarece que o problema é dividido em quatro graus: no primeiro, é possível vê-lo apenas ao pressionar a pele. No segundo, a região atingida já apresenta alguns furinhos,  mas não tão visíveis. No terceiro, já dá para sentir algumas cavidades mais profundas. Já no quarto e último grau, há muita celulite à mostra, geralmente acompanhada de dor. Mas fique calma, pois existe uma luz no fim do túnel. A boa notícia é que dá para aliar uma vida ativa à boa alimentação saudável para contornar o problema e perceber os resultados em um estalar de dedos. “Apostar em ingredientes antioxidantes e anti-inflamatórios ajuda na redução do aspecto de casca de laranja, pois atua na desintoxicação do organismo, limpando o corpo de toda e qualquer substância que possa vir a causar algum tipo de inflamação”, conta Talitta Alves Maciel, nutricionista do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional, de São Paulo (SP).  É isso mesmo: não há celulite alguma que resista a um corpo funcionando totalmente nos trinques.

Nutrientes poderosos

Confira os ingredientes que ajudam a combater a celulite:  

Banana: rica em potássio e fibras,  reduz a retenção hídrica e diminui a absorção de gorduras. 

Castanha-do-pará: é cheia de selênio, vitamina E e ômega 3, que melhoram a aparência da pele.

Berinjela: possui saponina, substância que age como um detergente natural, auxiliando na quebra das moléculas de gordura e impedindo que o organismo volte a absorvê-las.

Batata-doce: oferece tanto potássio que acaba tendo um efeito semelhante ao da drenagem nas células.  Semente de girassol: a vitamina E em sua composição é antioxidante e anti-inflamatória, protegendo a pele.

Linhaça: tem gorduras do bem,  que são antioxidantes, e fibras, estimulando o trânsito intestinal.

Quer saber mais sobre a função dos alimentos para a saúde e beleza? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!