Conheça os benefícios das oleaginosas e de cada tipo de castanha

Texto Nathalie Ayres e Helô Oliveira | Produção Janaína Resende | Adaptação Rebecca Nogueira Cesar

Castanhas

Castanhas trazem muitos benefícios para a saúde

Foto: SXC

Aposte nas castanhas

Oleaginosas caem muito bem nos lanchinhos da manhã e da tarde, entre as refeições principais

Toda mulher que sonha em fazer as pazes com a balança deve incluir oleaginosas no cardápio diário. Ricas em gorduras poliinsaturadas, as tais “gorduras boas”, elas ajudam a manter o colesterol sob controle e o coração saudável. “Castanhas também têm fibras que promovem a sensação de saciedade e facilitam a digestão”, afirma Eline de Almeida Soriano, nutróloga e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran-AL). Mas atenção: é superimportante saber quais estão liberadas e quais evitar. “Fique longe daquelas nas quais há adição de sal, uma vez que o sódio em excesso faz mal. As açucaradas também são inimigas da dieta”, explica Camila Barrella, nutricionista da Parâmetro Nutricional (SP).

Corpo blindado com amêndoa

Seu ponto forte é a fartura de zinco, mineral que contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico e mantém seu organismo livre de doenças. Também tem um alto poder antioxidante graças à presença de cobre e manganês.

Castanha-do-pará anti-idade

Brasileiríssima, ela protege os neurônios, melhora o funcionamento da tireoide e combate o envelhecimento precoce. “Esses benefícios são obtidos graças ao selênio. Consuma com moderação para evitar o risco de diabetes tipo 2”, diz Tarcila de Campos, nutricionista da Associação Diabetes Brasil (ADJ)

Amendoim para turbinar o cérebro

Essa oleaginosa tem ácido fólico em abundância. Resultado? A mente sempre afiadíssima e funcionando a mil – sim, todos elogiarão sua boa memória! O nutriente também é essencial para grávidas, uma vez que tem papel importante na formação do sistema nervoso do feto.

Mais ânimo com castanha de caju

Ela é rica em ferro, mineral que reduz a sensação de cansaço e aumenta a capacidade de concentração, e em ácido anacárdico, que combate bactérias causadoras de cáries. “Essa castanha também conta com a dupla riboflavina e tiamina, que melhora a visão, a saúde da pele e os sintomas da TPM”, destaca Daniela Jobst, especialista em Nutrição Clínica Funcional (SP).

Nozes para um coração forte

Com essa castanha, você manterá as taxas de colesterol ruim lá embaixo e se protegerá dos problemas cardíacos. Como se não bastasse, ela contém ácido elágico, inibidor das células cancerígenas.

Avelã para dar força ao esqueleto

“A vedete da avelã é o cálcio. Ele fortalece os ossos e ainda melhora a saúde dos dentes”, ressalta Mariana Del Bosco, nutricionista da Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica (Abeso-SP). Ela também é repleta de ômegas 3 e 9, gorduras com ação anti-inflamatória.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 317