Você já imaginou que o que você come pode influenciar no seu desempenho sexual? Entenda porque e confira quais alimentos podem ajudar na hora H

Por Ana Paula Ferreira

Saiba como garantir energia de sobra para a hora do sexo

Foto Shutterstock

Você já parou para pensar que a forma como você se alimenta pode influenciar diretamente seu desempenho sexual? Isso porque o sexo exige esforço e energia do nosso corpo. Sendo assim, se praticado com uma frequência considerada mais intensa, exigirá um maior suporte alimentar, como qualquer outra pessoa que pratique alguma atividade física mais intensa.

De acordo com Mariana Nacarato, nutricionista e consultora da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI), se você pensa em ter uma noite romântica com seu companheiro, é essencial que seu corpo tenha energia. “Quando falamos em potência e força, o consumo de fontes de carboidrato como biscoitos, pães e massas é o mais indicado para manter o vigor. O nutriente é a principal fonte de energia para o cérebro, e sua falta está relacionada à fadiga e mau-humor”, explica a profissional. 

Os alimentos afrodisíacos também podem ajudar a aguçar os sentidos e fornecer componentes e nutrientes que ajudam a incrementar a relação. Alguns podem colaborar com a libido e favorecer na circulação, diretamente ligados à lubrificação da mulher e à ereção do homem. “Pão integral, banana e amêndoas, por exemplo, possuem vitaminas no complexo B, nutrientes envolvidos na produção de testosterona, hormônio responsável pelo desejo sexual”, aponta Mariana. 

Já a pimenta vermelha, segundo a nutricionista, possui capsaicina, uma substância capaz de melhorar a circulação sanguínea. O sangue carrega os nutrientes que são essenciais para que todos os órgãos, inclusive os sexuais, funcionem bem. Fontes de vitamina C, como laranja, kiwi ou morangos, também são úteis para manter a flexibilidade dos vasos e favorecer o fluxo de sangue para todo o corpo.