Selecionamos os alimentos do bem e os grandes vilões do estômago que você deve evitar no cardápio

 

Reportagem: Monique Zagari Garcia

abacaxi-atrapalha-a-digestao

As frutas cítricas são uma das maiores causadoras de dores estomacais
Foto: Danilo Borges 

Terminou sua refeição com aquela sensação de mal estar e desconforto? Sentiu que a comida não caiu bem no estômago? Provavelmente você foi vítima de uma má digestão. “A quantidade de líquido ingerida durante as refeições, os alimentos consumidos e as doenças associadas ao aparelho digestivo são as principais causas da má digestão”, explica a nutróloga Liliane Oppermann (SP). Segundo a especialista, os vilões que causam este desconforto são os alimentos gordurosos e alimentação inadequada: “O cigarro, as bebidas alcoólicas, os medicamentos que irritam o estômago e o péssimo hábito de comer depressa podem atrapalhar a digestão”, completa.

Para selecionar os vilões do estômago que atrapalham a digestão e os alimentos que contribuem para o processo, contamos com a ajuda da nutróloga Liliane Oppermann e de Henrique Perobelli, médico do Hospital São Camilo (SP) especializado em cirurgia digestiva. Confira!

Alimentos que atrapalham a digestão

Frutas cítricas

Liliane conta que frutas como manga, laranja, abacaxi, tangerina e morango, quando consumidas em excesso, podem desencadear dores em quem sofre de gastrite ou úlcera. “As frutas cítricas são uma das maiores causadoras de dores estomacais. Quem tem gastrite ou úlcera deve optar por frutas alcalinas como banana, uva-passa ou melão. O limão também pode ser um forte aliado para amenizar a dor e ajudar a digerir os alimentos pesados”, recomenda a nutróloga.

Carnes vermelhas

É um dos alimentos de mais difícil digestão. “A carne é uma fonte de ferro e proteínas importante; porém conta com uma quantidade aumentada de gorduras que pode favorecer doenças cardíacas e obesidade. No estômago, diminui o esvaziamento gástrico. Prefira carnes brancas como peixes e aves”, afirma Henrique Perobelli.

Tomate

O consumo inadequado de tomate pode causar a azia e má digestão. “O ideal é consumi-los três vezes por semana. E quando for ingerir, opte por acompanhá-lo com um azeite extravirgem. Evite consumi-lo sozinho”, ressalta Liliane.

Pimenta e menta

“Esses dois alimentos têm a prioridade de relaxar o músculo de transição entre o esôfago e o estômago chamado esfíncter esofagiano inferior. Esse relaxamento facilita o retorno dos alimentos e do suco gástrico para o esôfago e o aparecimento da doença do refluxo”, informa Henrique.

Café

Segundo a nutróloga Liliane, a cafeína estimula a acidez estomacal. “O consumo exagerado de café impede a passagem dos alimentos do esôfago para o estômago. Além disso, a bebida pode facilitar a volta da comida para a garganta, provocando sensação de queimação e ânsia”. Henrique ressalta que este deve ser preferencialmente consumido com leite