Originário do Oriente Médio, o figo roxo é rico em diversos nutrientes que beneficiam a saúde e pode ser consumido de diversas formas. Saiba mais sobre a fruta!

Por Ana Paula Ferreira

O figo roxo é uma fruta pouco calórica e com baixo teor de

açúcares naturais / Foto Shutterstock

Originário do Oriente Médio, o figo roxo é um excelente alimento para adicionar ao cardápio. Com textura marcante e sabor suculento, a fruta pode fazer parte de saladas e aperitivos, além de render deliciosas compotas e geleias. Pra completar, ela é recheada de nutrientes e ajuda desde a digestão até o combate de doenças cardiovasculares. “É uma fruta pouco calórica e com baixo teor de açúcares naturais, sendo ideal para manter a alimentação saudável. Além disso, possui fibras, que contribuem para a saciedade e melhoram a digestão, ferro, mineral que ajuda a reduzir a sensação de cansaço e fadiga muscular, e ainda contêm antioxidantes, que fortalecem as defesas do organismo - essencial para o período do inverno, evitando gripes e resfriados - e auxiliam na prevenção de doenças crônicas, principalmente as cardiovasculares”, explica Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti.

Os benefícios à saúde são grandes atrativos do figo roxo, mas o sabor e a versatilidade na cozinha não deixam a desejar. “Quando aquecemos o figo para usá-lo em preparações, perdemos parte de seus nutrientes, por isso o melhor é optar por pratos sem cocção, por exemplo, na salada de frutas, servido em fatias com chocolate meio amargo derretido ou mel, ou ainda em uma bela salada de folhas com rúcula, agrião e queijo de cabra”, indica a profissional. 

Como escolher

Figos com coloração mais viva e com a casca mais roxa são os melhores. Se for para consumir logo – entre 1 e 2 dias - leve os com a casca um pouco mais “enrugada”. Mas, se for armazenar por mais dias em casa, escolha os figos com a casca mais lisa. 

Como conservar

Se ainda estiver “verde” deixe por 1 ou 2 dias fora da geladeira, porém em local sem contato direto com a luz do sol ou calor. O figo é uma fruta que gosta do frio, por isso, se ele já estiver maduro armazene na geladeira para ter uma maior durabilidade da fruta, na parte inferior da geladeira (na gaveta de vegetais ou em um pote com tampa).