Esta é a conclusão do maior estudo sobre a saúde da mulher pós-menopausa realizado até hoje nos Estados Unidos. Saiba mais!

Por Juliana Vaz | Adaptação Ana Paula Ferreira

Mulheres que seguem dieta anti-inflamatória têm menos

chances de ter osteoporose / Foto Shutterstock

Acredite: o que você come agora irá garantir a saúde dos seus ossos mais tarde.  Esta é a conclusão do maior estudo sobre a saúde da mulher pós-menopausa realizado até hoje nos Estados Unidos e publicado neste mês no Journal of Bone and Mineral Research, periódico da Sociedade Americana de Ossos e Reabsorção Mineral. 

Os especialistas acompanharam mulheres que seguiam uma dieta anti-inflamatória (que exclui do menu fritura, açúcar e carne vermelha, e inclui frutas,  vegetais, peixes e grãos integrais) e compararam a quantidade de minerais e a densidade dos ossos desse grupo em relação àquelas que não mudaram a alimentação.  “Após a menopausa, as mulheres enfrentam uma mudança drástica no organismo e na densidade dos ossos, o que aumenta as chances de osteoporose”, explica Tonya Orchad, uma das pesquisadoras do estudo realizado pela The Ohio State University (EUA). 

Prevenir a perda de densidade óssea e de massa muscular é a condição que garante mais qualidade de vida no futuro e evita fraturas e quedas.

Quer saber mais sobre saúde? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!