Se você também tem dúvidas na hora de escolher, desvende de uma vez por todas os mistérios dos produtos diet, light e zero

Produtos diet, light e Zero: as gôndolas dos supermercados estão repletas de novidades e denominações - o que deixa qualquer uma com muitas dúvidas na hora de escolher, com certeza. Antes de optar por um ou outro, confira as dicas de Isabela Cardoso Pimentel, nutricionista do setor de Nutrição Preventiva do HCor (SP).

acucar

Os produtos diet podem ter mais calorias do que aqueles que possuem açúcar, acredita?!

Foto: SXC

 

 

Diet

É o alimento formulado com modificações especiais para se adequar a diferentes dietas ou indivíduos com necessidades metabólicas específicas. Possui isenção de açúcar, proteína ou gorduras.

Indicação: para portadores de doenças metabólicas, como diabetes.

Cuidado: alimentos diet podem ter valor calórico maior que aqueles que contêm açúcar. Nem sempre são úteis para perda de peso.

Light

Um alimento é considerado light quando apresenta redução mínima de 25% das calorias ou de algum nutriente em relação ao original, como, por exemplo, gordura, açúcares ou sódio.

Indicação: para que deseja reduzir o teor de açúcares, gorduras ou sal na alimentação.

Cuidado: nem todo alimento light é próprio para perda de peso. A redução calórica em certos alimentos é muito pequena.

Zero

Foi o último a integrar os termos empregados em embalagens de alimentos. Ele indica restrição ou isenção de algum nutriente em comparação com a versão tradicional. Se a isenção for de açúcares, o produto ainda deve apresentar valor calórico reduzido.

Indicação: de modo geral, é semelhante ao dos alimentos light.

Cuidado: somente quando o alimento é zero por isenção de açúcares ele pode ser consumido por portadores de diabetes.

*Serviço: Hospital do Coração, www.hcor.com.br