Alguns cuidados simples no armazenamento ajudam a garantir a durabilidade da salada e a mantê-la sempre fresca. Confira como!

Por Ana Paula Ferreira | Foto Shutterstock

Secar bem as folhas ajuda a mantê-las frescas

por mais tempo / Foto Shutterstock

Manter a alimentação saudável no dia a dia é uma tarefa difícil para quem vive na correria. Abastecer a geladeira com verduras variadas e ter à mão uma salada sempre fresquinha pode parecer complicado, mas com algumas dicas simples e práticas de armazenamento, é possível garantir uma duração muito maior para estes alimentos, fontes de muitas vitaminas e minerais essenciais para a saúde e o bem estar.

“O cuidado deve começar já na escolha das hortaliças no momento da compra, evitando as unidades com folhas com partes amareladas ou semelhantes a ferrugens, pois são sinais de que terão menor validade”, explica Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti. “Na hora de higienizar, lave em água corrente e retire em seguida o máximo de umidade das folhas, se possível com a ajuda de uma centrífuga de vegetais”, acrescenta.

Para armazenar, siga estes procedimentos apontados pela profissional: 

- Guarde em um recipiente com tampa e forrado (no fundo e nas laterais) com papel toalha de boa absorção. Desta forma, as hortaliças durarão mais e o papel pode ser trocado a cada dois dias para evitar que as folhas murchem;

- Armazene sempre na parte inferior da geladeira, preferencialmente na gaveta fechada própria para vegetais. A menor circulação de ar e a temperatura um pouco mais alta neste local são benéficas para as hortaliças. 

Para evitar o desperdício 

Se perceber que não vai dar tempo de consumir as hortaliças antes que percam a validade, ainda há diversas maneiras muito gostosas de aproveitar estes alimentos sem desperdício. Uma ideia são as tortas para o lanche da tarde recheadas com espinafre, couve, folha de brócolis, escarola, repolho, legumes, frango desfiado e atum. Outra sugestão é preparar omeletes de forno para o café da manhã, misturando os ovos batidos com couve, espinafre, folhas de brócolis e tomatinhos cereja e levando para assar como se fosse uma torta.

A nutricionista ressalta, ainda, que as hortaliças podem compor gelinhos para preparar deliciosos sucos verdes. “É só bater as folhas de espinafre ou de couve com um mínimo de água, formando uma polpa, e colocar em formas de gelo”, destaca Renata. “Além do suco, podem ser utilizados também no caldo do feijão, no molho vermelho para massas, no cozimento de carnes e no preparo de sopas”, finaliza.